From Social Assistance to Control in Urban Margins: Ambivalent Police Practices in Neoliberal Chile

Alejandra Luneke, Lucia Dammert, Liza Zuñiga

Resumo


O aumento da criminalidade na América Latina ocorreu em paralelo com uma mudança na política policial em territórios. Junto com os processos de militarização e repressão policial, as estratégias de coprodução foram inspiradas pelo policiamento comunitário, mas a articulação de ambos nas margens urbanas foi pouco pesquisada. Em Da assistência social ao controle nas margens urbanas: Práticas policiais ambivalentes no Chile neoliberal, nossa hipótese afirma a coexistência e ambivalência da assistência social e de práticas abusivas contra os pobres da cidade. Métodos qualitativos conduzidos em Santiago (Chile) mostram que a política policial envolve ambas as dimensões, fortemente enraizadas em elementos de identidade da tradição militar das forças policiais.

 

Palavras-chave


policiamento comunitário, controle policial, margens urbanas, América Latina, polícia Carabineros

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.4322/dilemas.v15n1.42944

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Ao submeter um texto, o(s) autor(es) declara(m) aceitar todos os termos e condições da revista e cede(m) a ela os direitos de publicação impressa e digital. Os direitos autorais dos artigos publicados são do autor, porém com direitos da DILEMAS - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social sobre a primeira publicação.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

               

APOIO: