As condições de recurso à psiquiatria e sua interpretação por pessoas próximas a pacientes hospitalizados contra a vontade

Delphine Moreau

Resumo


Traduzido por Pablo Ferreira

Examinaremos neste artigo a maneira como as pessoas próximas formam os julgamentos que as conduzem a intervir na história de um ente querido e a recorrer à psiquiatria, chegando à hospitalização contra sua vontade. Para além da categorização psiquiátrica, as pessoas próximas operam trabalho de interpretação dos distúrbios, a partir principalmente das pluralidade de registros descritivos disponíveis no chamado mundo psi. A conclusão é que o jogo de qualifi cação não é apenas diagnóstico, mas envolve o sentido da relação com o ente querido.

 

The article Conditions of the appealing to psychiatry and its interpretation by the people close to patients hospitalised against their will examines the way people close to psychiatric patients make judgements that lead them to intervene and to appeal to psychiatry, even with hospitalisation against will. Beyond psychiatry, close people perform an operation on interpreting disturbances
guided by a multiplicity of descriptions from the psi world. The disturbances qualification play is not only diagnostic and involves the very meaning of the relation.


Palavras-chave


psiquiatria, loucura, diagnóstico, família, hospitalização

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO:    

SCImago Journal & Country Rank