Moralidade de bolso: A ‘manualização' do ato de dar uma desculpa como índice da negociação da noção de ‘bem' nas relações sociais

Alexandre Werneck

Resumo


Este artigo analisa livros que ensinam como dar uma boa desculpa para entender o papel desempenhado por esse ato na “manutenção” das relações sociais. Uma desculpa é um convite ao deslocamento de uma situação da generalidade da regra moral rumo à circunstancialidade do caso específi co. Com a observação de uma centena de manuais, mapeiam-se dois tipos de desculpa, “Não era eu” e “É assim mesmo”, articulados para além dos conteúdos discursivos e pensados em um modelo de gramáticas de efetivação de signifi cados dos elementos do social.

 

The article Pocket morality: The ‘handbookization' of the act of giving an excuse to negotiate the idea of ‘good' in social relations analyses Books that teach how to give good excuses in order to understand the role of this action in the “maintainance” of social relations. An excuse is a call to move a situation from the general status of a moral rule into the circumstantial frame of the specifi c moment. Based on the analysis of one hundred handbooks, the paper consider two types of excuses, “It wasn't me” and “That's how it really is”, on a model based on “grammars of eff ectiveness” of the social elements.


Palavras-chave


desculpa, manualização, manuais de desculpa, efetivação, manutenção das relações

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Ao submeter um texto, o(s) autor(es) declara(m) aceitar todos os termos e condições da revista e cede(m) a ela os direitos de publicação impressa e digital. Os direitos autorais dos artigos publicados são do autor, porém com direitos da DILEMAS - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social sobre a primeira publicação.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

               

APOIO: