Demofobia ipanemense: O medo da copacabanização

Fernanda Huguenin

Resumo


Este artigo discute algumas representações sociais de moradores de Ipanema acerca da chegada do metrô ao bairro carioca. A partir de entrevistas e da etnografia de duas situações, analiso a perspectiva nativa quanto à expansão da malha metroviária da cidade e suas possíveis implicações na caracterização do cosmopolitismo e da sofisticação associados a Ipanema. O comportamento reativo à popularização é evidenciado como postura demofóbica à chegada do Outro. Pretende-se refletir sobre diferentes significados do direito à cidade, sobretudo quanto ao uso e ao pertencimento ao bairro, tendo em vista conflitos decorrentes da mudança no transporte coletivo em curso.

 

The article Ipanemense's Demophobia: The Fear of ‘Copacabanization' discusses some social representations of local residents of Ipanema, or Ipanemenses, regarding the metro underground rail system being extended to the Rio de Janeiro neighborhood. Based on interviews and an ethnographic study of two situations, I analyze the natives' points of view on the expansion of the city's metro and its potential implications for the cosmopolitan and upmarket characteristics associated with Ipanema. A reactive attitude is demonstrated as a demophobic posture against the arrival of the Other. The study aims to reflect on different meanings attributed to the right to the city, bearing in mind the conflicts resulting from ongoing changes in public transport.

Key words: Ipanema, social representations, belonging,
demophobia, right to the city.


Palavras-chave


Ipanema, representações sociais, pertencimento, demofobia, direito à cidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO:    

SCImago Journal & Country Rank