O ‘policial social': Algumas observações sobre o engajamento de policiais militares em projetos sociais no contexto de favelas ocupadas por UPPs

Cesar Pinheiro Teixeira

Resumo


A atuação de policiais militares em projetos sociais produz uma dinâmica repleta de ambivalências e conflitos nas favelas ocupadas por Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). O presente artigo é baseado em dados produzidos em pesquisa realizada em duas UPPs, localizadas em diferentes zonas da cidade do Rio de Janeiro, com destaque para entrevistas realizadas com praças da Polícia Militar. Em vez de mobilizar uma avaliação condenando ou aprovando essa dupla inserção, argumentamos aqui que essa aproximação apresenta desdobramentos capazes de tornar as relações entre os atores nas favelas ocupadas por UPPs ainda mais complexas.

 

The role played by military police officers in social proj­ects produces a dynamic replete with ambivalences and conflicts in the favelas occupied by Pacification Police Units (UPPs). The article The ‘Social Policeman': Some Observations about the Engagement of Military Police Officers in Social Projects in the Context of UPP-Occupied Favelas is based on data produced in a study conducted at two UPPs, located in different zones of Rio de Janeiro, focused on interviews with the Military Police. Rather than prompting an as­sessment to condemn or approve of this dual insertion, here we argue that this coming together actually has consequences that are capable of further complicating relations between actors in UPP-occupied favelas.

Keywords: Military Police, social projects, favela, pacification, UPP


Palavras-chave


Polícia Militar, projetos sociais, favela, pacificação, UPP

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO:    

SCImago Journal & Country Rank