Estado, governança e segurança pública no Brasil: Uma análise das secretarias estaduais de Segurança Pública

Arthur Trindade

Resumo


Embora desempenhem papel relevante, as secretarias estaduais de Segurança Pública são muito pouco conhecidas. Neste artigo, analisamos sua capacidade de governança, ou seja, a capacidade de essas instituições formularem e coordenarem políticas públicas na área de segurança. As informações foram levantadas através de um survey e tratam dos seguintes aspectos: a) estrutura organizacional; b) recursos humanos; c) capacitação; e d) articulação. Ao final, concluímos que as secretarias estaduais de Segurança Pública possuem estrutura precária e baixa capacidade de governança.

 

Despite the fact that the state departments of Public Security play a relevant role in security policies, they are very little known. In this article, we analyze their governance capacity, that is, the capacity of these institutions to formulate and coordinate public policies in the area of security. The information was collected by means of a survey and deal with the following aspects: a) organizational structure; B) human resources; C) training; and d) articulation. In the the conclusion, we estate that the state public security departments have a precarious structure and low governance capacity.

Key words: public security, public policies networks, state departments of Public Security, governance, survey


Palavras-chave


segurança pública, redes de políticas públicas, secretarias estaduais de Segurança Pública, governança, survey

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO: