A few words about Gilberto Velho (1945-2012)

Howard S. Becker

Resumo


O sociólogo americano Howard S. Becker, ao saber da morte, em todos os sentidos prematura, aos 66 anos, do antropólogo brasileiro Gilberto Velho, em 14 de abril de 2012, se disse emocionado e enviou à revista -- de cujo Conselho Editorial ele é integrante e no qual Velho permanecerá in memorian -- um pequeno texto, para
relembrar sua longa história com o colega que conheceu quando este foi fazer parte de seus estudos nos EUA e que ajudou a trazer sua obra para o Brasil. Preferimos manter as palavras de Becker no original, para preservar o caráter de emergência da homenagem ao velho amigo, dele e de todos na revista. Velho morreu em sua casa, enquanto dormia, em decorrência de problemas cardíacos. Gilberto Cardoso Alves Velho nasceu em 15 de maio de 1945, no Rio de Janeiro. Estudou ciências sociais no IFCS/UFRJ, graduando-se em 1968, e fez mestrado em uma das primeiras turmas do Museu Nacional (MN), também na UFRJ, concluído em 1970, produzindo uma dissertação que se tornaria seu livro mais conhecido, A utopia urbana. Aos EUA, foi logo
depois, para uma especialização em antropologia das sociedades complexas, na University of Texas de Austin. Sua tese de doutorado foi defendida na universidade de São Paulo (USP) em 1975. Tornou-se professor efetivo do MN em 1979, embora ministrasse cursos na casa desde 1963. Ao longo de toda a carreira, produziu vários
trabalhos importantes, ocupou vários cargos de destaque e ajudou a formar várias gerações de pesquisadores.
Por meio de Becker, Dilemas presta aqui sua homenagem ao colega.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO:    

SCImago Journal & Country Rank