Governança multicêntrica e redes de segurança de taxistas

Eduardo Paes-Machado, Ana Márcia Nascimento

Resumo


Este artigo examina os nexos entre defesas anticrime e redes de segurança de taxistas de Salvador a partir de dados provenientes de entrevistas, observação direta e análise de matérias jornalísticas, apontando a influência da diferenciação ocupacional sobre as defesas empregadas, que constituem e são constituídas pelas redes de segurança. Essas redes desempenham um papel decisivo na geração, operação e articulação de defesas coletivas e individuais e influenciam na imaginação e construção social desses agentes securitários como comunidades ofensivas que precisam ser compatibilizadas com uma governança ampliada, justa e democrática da segurança.

 

The article Multi-Centric Governance and Taxi Drivers Security Networks examines the nexus between anti-crime defenses and security networks for taxi drivers in Salvador. Based on data from interviews, direct observation and analysis of news stories, the influence of occupational differentiation is identified in relation to the defenses employed, which constitute and are constituted by the security networks. These networks play a decisive role in the generation, operation and coordination of collective and individual defense actions and influence the social opinion and construction of these security agents as offensive communities that require assimilation under a wider, fairer and democratic governance of security.

Keywords: taxi drivers, crime prevention, mentality, security networks, multi-centric governance


Palavras-chave


taxistas, prevenção do crime, mentalidade, redes de segurança, governança multicêntrica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO:    

SCImago Journal & Country Rank