‘Sob a proteção da polícia': O enfrentamento da violência doméstica contra a criança

Milena Amelia Franco Dantas, Marilena Ristum

Resumo


As políticas de enfrentamento da violência doméstica contra a criança ainda são pouco estudadas no Brasil. Este artigo analisou, à luz da psicologia histórico-cultural, os significados que policiais, de uma delegacia especializada no atendimento a crianças vítimas de crimes, constroem sobre o seu papel. Os dados foram submetidos a uma análise qualitativa que indicou que os policiais significam seu papel pautados por ações preventivas, distanciadas do modelo criminalizante e com ênfase no acolhimento às vítimas. Aponta-se a importância da intersetorialidade e a necessidade de discussão pública sobre questões históricas, culturais e ideológicas da violência.

 

The policies to tackle domestic violence against children have yet to be extensively studied in Brazil. The article ‘Under Police Protection': Tackling Domestic Violence against Children investigated, from the perspective of cultural-historical psychology, the meanings that police officers from a specialist unit for young victims of crime attribute to their role. Data were submitted to qualitative analysis that indicated that the police officers consider their role as based on preventive actions, removed from the criminalizing model and with emphasis on victim reception. The importance of cross-sectorial work is identified, in addition to the need for public debate on historical, cultural and ideological matters of violence.

Keywords: domestic violence, children, civil police, meanings


Palavras-chave


violência doméstica, crianças, polícia civil, significados

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO:    

SCImago Journal & Country Rank