Usos y representaciones del ‘olfato policial' entre los miembros de la policía bonaerense

José Garriga Zucal

Resumo


Este artigo reflete sobre o conjunto de práticas policiais comumente referido como “faro policial.” Esse sistema, que distingue os cidadãos de criminosos por seus gestos, tons de voz, formas do corpo, roupas, etc, é generalizado entre os membros da polícia e interpretados por eles como muito eficaz no reconhecimento e captura de criminosos. Propomo-nos a revelar a formação desses valores e práticas do ponto de vista da polícia. Do seu ponto de vista, o “faro” é um atributo positivo adquirido por meio da experiência de trabalho. Propomos a estudar a ligação entre o “faro” com certos sujeitos sociais estigmatizados e a relação com as formas de discriminação que se interpenetram em todo o tecido da sociedade.

 

The article Uses and Representation of the ‘Police Nose' among Officers of The Buenos Aires Police Force reflects on the set of police practices commonly referred to as “police sense of smell”. This system, which distinguishes citizens from criminals by their gestures, tones of voice, body language, clothes, etc. is widespread among police officers and seen by them as highly effective in the recognition and arrest of criminals. We propose to reveal the formation of these values and practices from the police's point of view. In their eyes, the “police nose” is a positive skill acquired through work experience. We propose to study the connection between the “nose” and certain stigmatized social subjects and relations with forms of discrimination that penetrate the whole make-up of society.

Key words: police, violence, stigma, police nose, agency


Palavras-chave


polícia, violência, estigma, faro policial, agência

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO:    

SCImago Journal & Country Rank