Poder punitivo e teoria social

Matheus Boni Bittencourt, Maria Cristina Dadalto

Resumo


Este artigo abre uma discussão sobre crime e punição na teoria social, considerando as diferentes teorias como uma problemática política, não tão somente como uma questão jurídico-policial pragmática. Nesse sentido, discute tanto as abordagens clássicas como as contemporâneas e entende o processo de criminalização como um complexo de mecanismos de hegemonia política e cultural. Finaliza com o debate atual sobre as ideias e as instituições penais no capitalismo tardio, principalmente com a discussão sobre a relação entre reformas econômicas e Justiça Criminal, explorando a correspondência entre vitimização, medo do crime e insegurança social.

 

The article Punitive Power and Social Theory proposes a debate about crime e punishment, considering the many different theories as a political hot topic, and not only a legal and police practical issue. In this sense, the text discusses both classical and contemporary approaches and considers the process of criminalization as a complex of mechanisms of political and cultural hegemony. It ends with the actual debate about penal ideas and institutions in late capitalism, specially the debate about the relationship between economic reform and Criminal Justice, exploring the correspondence between victimization, fear of crime and social insecurity.

Keywords: crime, punishment, modernity, social theory, power


Palavras-chave


crime, punição, modernidade, teoria social, poder

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Ao submeter um texto, o(s) autor(es) declara(m) aceitar todos os termos e condições da revista e cede(m) a ela os direitos de publicação impressa e digital. Os direitos autorais dos artigos publicados são do autor, porém com direitos da DILEMAS - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social sobre a primeira publicação.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

               

APOIO: