A história como ficção e como arte: a possibilidade estética da identidade

Vitor Henriques

Resumo


O autor do trabalho traceja um outro olhar para com a teoria da história de Hayden White, assim como para os escritos de Nietzsche sobre história. Demonstrar-se-á que a noção whitiana do objeto histórico enquanto uma construção lingüística e a noção nietzschiana de uma história esteticamente construída, ao contrário do que a historiografia de uma maneira geral interpretou, nos dão margem para concebermos a idéia de que ambos fornecem espaços, e não os aniquilam, para discursos que se justifiquem a partir de filiações identitárias com o passado, porém, tais identidades são lingüisticamente forjadas (White) ou esteticamente formuladas (Nietzsche). Nota-se que partindo de White ou de Nietzsche, a fabricação de discursos identitários em relação à história é viável, mas não sua comprovação ou verificação através da mesma.

Palavras-chave: História -- Estética -- Identidade.

Texto completo:

PDF

Referências


CHARTIER, Roger. À beira da falésia: a história entre incertezas e inquietudes . Trad. Patrícia Chittoni Ramos. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 2002.

LACERDA, Sonia. História, narrativa e imaginação histórica . In: Swain, T. N. (org.) História no plural. Brasília. Ed. UNB, s.n. pp.9-42.

NIETZSCHE, Friedrich. Fragmentos finais. Trad. Flávio R. Kothe. Brasília: UNB / São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 2002.

_________. Humano, Demasiado Humano . Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

_________. Segunda consideração intempestiva -- Da utilidade e desvantagem da história para a vida. Trad. Marco Antônio Casanova. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2003.

SAFRANSKI, Rüdiger. Nietzsche: biografia de uma tragédia . Trad. Lya Luft. São Paulo: Geração Editorial, 2001.

SCHILLER, F. A Educação Estética do Homem . Tradução: Roberto Schwarz e Márcio Suzuki. São Paulo: Iluminuras, 1990.

WHITE, Hayden. Trópicos do discurso: ensaio sobre a crítica da cultura . Trad. Alípio Correia de Franca Neto. 2.ed. São Paulo. EDUSP, 2001.

_________. Teoria Literária e escrita da história . In Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol.7, n.13, 1994, pp. 21-48.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.