A REVALIDAÇÃO DOS DIPLOMAS DE ENSINO SUPERIOR NO ÂMBITO DO MERCOSUL: PROCESSO BUROCRÁTICO OU DESBUROCRÁTICO?

Kelvin Vitor Lima Vasconcelos, Carolina Hissa

Resumo


Este trabalho visa explicar como se dá a revalidação de diploma no âmbito do continente sul-americano, suas fases e a melhor forma de condução deste processo. Para isso é necessário que se discorra sobre os principais órgãos do Mercosul, suas funções e atribuições. Além disso é possível visualizar dados importantes acerca dos cursos acreditados em território brasileiro. O trabalho foi elaborado através de pesquisas de artigos científicos, páginas oficiais dos órgãos, revistas e reportagens. Após a apresentação de argumentos sobre a forma de condução da revalidação, no sentido de constatar ser melhor a burocracia ou a desburocracia, pode-se concluir que existem vantagens de ambas as formas, porém recomenda-se optar por aquela que garante uma qualidade superior. 


Palavras-chave


Revalidação; Mercosul; Acreditação; Burocracia; Desburocracia; Qualidade.

Texto completo:

PDF

Referências


Acordo de Admissões e Títulos e Graus Universitários para o Exercício de Atividades Acadêmicas. Disponível em:

Acesso em 01 de Outubro de 2018.

Acreditação e Qualidade da Educação Superior: Abrindo a Caixa-Preta do Sistema de Acreditação de Cursos Superiores do Mercosul, 2013 p.137. Disponível em: Acesso em 20 de Outubro de 2018.

ANDRÉS, A. A Educação Superior no Setor Educacional no Mercosul. 2010 p.5, 6 8 e 15. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/a-camara/documentos-e-pesquisa/estudos-e-notas tecnicas/areas-da-conle/tema11/2009_9885_.pdf Acesso em: 04 de abril. 2018.

Cartilha Da Cidadania Do Mercosul. Educação. 2018. Pagina 6. Disponível em: http://www.cartillaciudadania.mercosur.int/uploads/pdf/pt/educa%C3%A7%C3%A3o.pdf . Acesso em: 14 de abril.2018.

Demográfica Médica.2018, Pagina 45. Disponível em :

. Acesso em 25 de Outubro de 2018.

Dez Mil Brasileiros Estudam Medicina Em Pedro Juan Caballero.

MARIO, J,2018. – Acessado em 20 de Outubro de 2018. Disponível em:

FERREIRA, M. C. págs. 7 e 39. O Conflito Entre a Qualidade e Efetividade no Itamaraty, 2018, Composição, Objetivos E Estrutura Institucional. Disponível em:

JARA, T e PRADINI, R., 2017. Disponível em: . Acesso em 07 de Outubro de 2018.

MEC – Sistema Arcu-Sul. 2008/2010 – Páginas 3, 4 e 9 Acesso em: 15/04/2018

MEDEIROS, S. De O. L. , 2009, Página 2 Disponível em:

. Acesso em 03 de Outubro de 2018.

MERCOSUL. Decisão Nº04/99. Disponível em: http://www.cartillaciudadania.mercosur.int/uploads/pdf/pt/educa%C3%A7%C3%A3o.pdf Acessado em: 01/04/2018.

MERCOSUL. Decisão Nº08/96. Disponível em: http://www.cartillaciudadania.mercosur.int/uploads/pdf/pt/educa%C3%A7%C3%A3o.pdf Acessado em: Acesso em 01 de Abril de 2018.

MERCOSUL. Decisão Nº17/08. Disponível em: http://www.cartillaciudadania.mercosur.int/uploads/pdf/pt/educa%C3%A7%C3%A3o.pdf Acessado em: 01/04/2018.

MERCOSUL. Desenvolvido pelo Mercado Comum do Sul. Texto sobre O Mercosul na vida do cidadão. Disponível em: http://www.mercosul.gov.br/o-mercosul-na-vida-do-cidadao . Acesso em: 31 março. 2018.

MERCOSUL EDUCACIONAL. Desenvolvido pelo Mercosul Educacional. Texto sobre o Setor Educacional do Mercosul. Disponível em: http://edu.mercosur.int/pt-BR/institucional/o-que-e.html. Acesso em: 01 de abril. 2018.

MERCOSUL EDUCACIONAL. Desenvolvido pelo Mercosul Educacional. 2018. Texto sobre o funcionamento do Setor Educacional do Mercosul. Disponível em: http://edu.mercosur.int/pt-BR/institucional/o-que-e.html Acesso em: 10 abril. 2018.

NEVES, C.E.B. & MOROSINI, M.C., 1995 PÁGINA 19. Disponível em: . Acesso em 20 de Outubro de 2018.

Plano de Ação do Setor Educacional do Mercosul – 2011 – págs. 22 e 23.Disponível em: Acesso em 15 de Abril de 2018.

Portal Ministério Da Educação - MEC. 2018. Página 1, 3 e 4. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15503-manual-de-procedimentos-arcu-sul&category_slug=abril-2014-pdf&Itemid=30192 Acesso em Acesso em 15 de Abril de 2018.

RABOSSI, M., 2013. Disponível em:

Acesso em 05 de Setembro de 2018.

Supremo Tribunal de Justiça, 2013. Disponível em:

. Acesso em 01 de Outubro de 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 INTER: REVISTA DE DIREITO INTERNACIONAL E DIREITOS HUMANOS DA UFRJ

BASE - Bielefeld Academich Search Engine Resultado de imagem para livre revistaResultado de imagem para rvbi Resultado de imagem para google scholar

EM AVALIAÇÃO: 

 

 JSTOR Home  ORCID logo  CNEN  Resultado de imagem para european reference index for the humanities