A Guerra das Mulheres: A Guerra da Água, de Licínio Azevedo, e Água. Uma Novela Rural, de João Paulo Borges Coelho

Giulia Spinuzza

Resumo


A partir da análise do documentário A guerra da água (1996), de Licínio Azevedo, propomos realizar uma reflexão acerca da problemática da falta de água e repensar o papel das mulheres nesta nova guerra. Também o livro Água. Uma novela rural (2016), de João Paulo Borges Coelho, repropõe a problemática relação entre o homem, a natureza e a tecnologia. Assim, o objetivo deste artigo é aprofundar uma leitura intertextual das duas obras que proporcione uma nova perspectiva sobre a questão da água em Moçambique.

Palavras-chave


cinema moçambicano; Licínio Azevedo; João Paulo Borges Coelho; água.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35520/mulemba.2017.v9n17a14604

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Mulemba

Indexadores e bases bibliográfcias:
Periódicos Capes Latindex Diadorim EZB Google Acadêmico  DRJI  Livre Base  Sudoc Worldcat HNU  InfoGuide 


Licença Creative Commons
A Revista Mulemba utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.