À procura de Moçambique: José Albasini e o corpus de um tuberculoso

Larissa da Silva Lisboa Souza

Resumo


José Albasini é uma figura da história moçambicana pouco discutida. Em suas crônicas publicadas no jornal O Brado Africano (1934), escritas durante as viagens pelo interior de Mo­çambique, à procura da cura de sua doença, a tuberculose, o cronista possibilita ao leitor uma série de reflexões sobre as tensões coloniais do período. Como o corpo enfermo de Albasini se mostra no corpus de sua escrita? E, quais seriam as metáforas relacionadas à doença, em seus textos, que tencionam as realidades moçambicanas das primeiras décadas do século XX? São questões que o presente artigo pretende discutir.


Palavras-chave


Moçambique; crônica; imprensa; Albasini; doença.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBASINI, João. O livro da dor: cartas de amor. Lourenço Marques: Tipografia Popular de Roque Ferreira, 1925.

ALBASINI, José. À procura de saúde. Crónicas de um doente. O Brado Africano. Lourenço Marques, 1934.

ALBUQUERQUE, Orlando de. & Motta, José F. História da Literatura em Moçambique. Braga: Edições APPACDM, 1998.

ANDRADE, Mário Pinto de. Origens do nacionalismo africano. Lisboa: Dom Quixote, 1997.

BRAGA-PINTO, César (Org.). José Albasini. À procura de saúde. Crónicas de um doente (1935). Maputo: Alcance Editores, 2015.

CANDIDO, Antonio. A vida ao rés-do-chão. Para gostar de ler: crônicas. Volume: 5. São Paulo: Ática, 2003, p.89-99.

CANTINE, José. José Albasini. Eminente figura da Sociedade Africana. O Brado Africano. Lourenço Marques, 9 de junho de 1934.

DAS, Veena & DAS, Ranen. How the body speaks: illness and the lifeworld among the urban poor. Subjectivities: Ethnographic Investigations. BIEHL, J; GOOD, B; KLEINMAM, A. (Orgs). California: University of California Press, 2007, p.66-97.

DIAS, Estácio Bernardo. José Albasini. O Brado Africano. Lourenço Marques, 9 de junho de 1934.

KNOPFLI, Rui. Breve relance sobre a actividade literária. Boletim da Sonap e Sonarep de Moçambique. Lourenço Marques, 1974.

MENDES, Orlando. Sobre Literatura Moçambicana. Maputo: Instituto Nacional do Livro e do Disco, 1980.

MACEDO, Tânia. & MAQUÊA, Vera. Literaturas de Língua Portuguesa: marcos e marcas - Moçambique. São Paulo: Arte & Ciência, 2007.

MENDONÇA, FÁTIMA. Literatura Moçambicana. A história e as escritas. Faculdade de Letras. Maputo: Universidade Eduardo Mondlane, 1988.

ROCHA, Ilídio. A imprensa em Moçambique. Lisboa: Edição Livros do Brasil, 2000.

SONTAG, Susan. A doença como metáfora. Trad. Márcio Ramalho. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1984.

THOMAZ, Omar Ribeiro. “Raça”, nação e status: histórias de guerra e “relações raciais” em Moçambique. Revista USP. Número: 68. São Paulo, 2005/2006.

ZAMPARONI, Valdemir Donizette. A imprensa negra em Moçambique: A trajectória de “O africano” – 1908-1920. África. Revista do Centro de Estudos Africanos. Universidade de São Paulo. Número: 11. São Paulo, 1988, p.73-86.

____________. Entre narros & Mulungus. Colonialismo e paisagem social em Lourenço Marques. Tese na área de História Social. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. São Paulo, 1998.




DOI: https://doi.org/10.35520/mulemba.2019.v11n20a23692

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Mulemba

Indexadores e bases bibliográfcias:
Periódicos Capes Latindex Diadorim EZB Google Acadêmico  DRJI  Livre Base  Sudoc Worldcat HNU  InfoGuide 


Licença Creative Commons
A Revista Mulemba utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.