A Infância e as Literaturas Infantil e Infanto-juvenil em Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa: Diálogos

Carmen Tindó Secco, Lucílio Manjate, Renata Flávia da Silva, Roberta Guimarães Franco F. de Assis, Guilherme de Sousa Bezerra Gonçalves

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Júlia Parreira Zuza. Mia Couto e Luandino Vieira: a ficção de fronteira nas obras para o público infanto-juvenil. Coimbra: Universidade de Coimbra, 2014. (dissertação de mestrado não publicada).

ARIÈS, Philippe. História social da criança e da família. Trad. Dora Flasksman. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1981.

CADEMARTORI, Lígia. O que é literatura infantil. São Paulo: Editora Brasiliense, 2010.

CERVERA, Juan. Teoría de la literatura infantil. 3. ed. Bilbao: Ediciones Mensajero, 1952.

COUTO, Mia. A menina sem palavras: histórias de Mia Couto. São Paulo: Boa Companhia, 2013.

DEBUS, Eliane. Entrevista com Pedro Pereira Lopes. Mulemba, v. 10, n. 18, p. 185 – 189, jan-jul 2018. DOI: https://doi.org/10.35520/mulemba.2018.v10n18a15406

DEBUS, Eliane; SILVA, Ana C. Maria da; PIRES, Juliana Breuer. De lá para cá: a literatura para infância do escritor moçambicano Pedro Pereira Lopes. IN: SPIGOLON, Nima Imaculada (org). Brasi(s) & África(s): educação plural, culturas de resistência e emancipações humanas. Curitiba: CRV, 2020.

GOMES, Simone Caputo. “Literatura para crianças e jovens na África de língua portuguesa”. In: Revista Cátedra Digital. PUC-Rio, v. 4, 2017. Disponível em: https://revista.catedra.puc-rio.br/index.php/literatura-para-criancas-e-jovens-na-africa-de-lingua-portuguesa/. Acesso em: 06/01/2021

GREGORIN FILHO, José Nicolau. “Literatura Infantil/Juvenil e política: um jogo de espelhos”. In: ABDALA JÚNIOR, Benjamin; SILVA, Rejane Vecchia Rocha e (Org.) Literatura e memória política: Angola, Brasil, Moçambique, Portugal. São Paulo: Ateliê, 2015, p. 161-171.

HUNT, Peter. Crítica, teoria e literatura infantil. São Paulo: Coasac Naify, 2015.

LAJOLO, Marisa e ZILBERMAN, Regina. “Escrever para crianças e fazer literatura”. In: Literatura infantil brasileira: história & estórias. 6.ed. São Paulo: Ática, 2003, p. 15-21.

MACÊDO, Tania. “Monandengues, pioneiros e catorzinhas: crianças de Angola”. In: CHAVES, Rita; MACÊDO, Tania; VECCHIA, Rejane (Orgs.). A kinda e a misanga: encontros brasileiros com a literatura angolana. São Paulo: Cultura Acadêmica; Luanda: Nzila, 2007, pp. 357-373.

MANJATE, Lucílio. Geração XX: Notas sobre a nova geração de escritores moçambicanos. Maputo: Alcance Editores, 2018.

OLIVEIRA, Américo Correia de. A criança na literatura tradicional angolana. Leiria: Edições Magno, 2000.

OLIVEIRA, Maria Anória de Jesus. Um passeio panorâmico pela produção infanto-juvenil moçambicana: obras e autores. A Cor das Letras. Bahia, n. 12, p. 79-92, 2011. DOI: http://dx.doi.org/10.13102/cl.v12i1.1489.

SECCO, Carmen Lucia Tindó (Org.) Entre fábulas e alegorias: ensaios sobre literatura infantil de Angola e Moçambique. Rio de Janeiro: Quartet, 2007.

SILVA, Avani Souza. Narrativas orais, literatura infantil e juvenil e identidade cultural em Cabo Verde. Universidade de São Paulo. Tese. 2015. Disponível em: www.teses.usp.br no seguinte link: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8156/tde-05082015-145237/pt-br.php Acesso em 07 set. 2019.

TAMÉS, Román López. Introduccion a la literatura infantil. 2. ed. Murcia: Universidad, Secretariado de Publicaciones, 1990.

ZILBERMAN, Regina; MAGALHÃES, Ligia Cademartori. Literatura infantil: autoritarismo e emancipação. São Paulo: Ática, 1982.




DOI: https://doi.org/10.35520/mulemba.2021.v13n24a46150

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Mulemba

Indexadores e bases bibliográfcias:
Periódicos Capes Latindex Diadorim EZB Google Acadêmico  DRJI  Livre Base  Sudoc Worldcat HNU  InfoGuide 


Licença Creative Commons
A Revista Mulemba utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.