LUUANDA: VOZES E DISCURSOS

Adriana Souza de Oliveira

Resumo


Este artigo tem por objetivo trazer à luz aspectos que figuram na ficção angolana do século XX, sobretudo no período que corresponde à luta pela independência do país. Trata-se de um processo empreendido pela elite crioula, que através da literatura deu início à campanha de conscientização da população atentando para a necessidade de conquistar a libertação do jugo português. Neste contexto, o presente estudo apresenta como corpus para análise a obra Luuanda. Publicada pelo angolano Luandino Vieira em 1964, ano que integra o período de combate contra as tropas portuguesas, a obra escolhida é composta de três contos que apresentam o modo de vida daqueles que habitam os musseques de Luanda. Desse modo, o autor apresenta, como foco de sua narrativa, um grupo social que vive às margens e esquecido pelo poder político.

PALAVRAS-CHAVE: ficção, voz, Angola.


Palavras-chave


ficção, voz, Angola.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35520/mulemba.2014.v6n11a5005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Mulemba

Indexadores e bases bibliográfcias:
Periódicos Capes Latindex Diadorim EZB Google Acadêmico  DRJI  Livre Base  Sudoc Worldcat HNU  InfoGuide 


Licença Creative Commons
A Revista Mulemba utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.