Literatura e oralidade africanas: mediações

Maria Nazareth Soares Fonseca

Resumo


O texto discute alguns pontos de vista teóricos sobre o conceito de oralidade, destacando os sentidos dados aos termos oratura e oralitura e, a partir dessa discussão, considera o uso que diferentes escritores africanos fazem da oralidade, procurando analisar textos desses escritores em que se observa a apropriação de falas e cantos orais, bem como outras formas de mediação entre voz e letra, produzidas por propostas literárias africanas de língua portuguesa.

Palavras-chave


oralidade, literatura, letra e voz, mediações

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35520/mulemba.2016.v8n15a5327

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Mulemba

Indexadores e bases bibliográfcias:
Periódicos Capes Latindex Diadorim EZB Google Acadêmico  DRJI  Livre Base  Sudoc Worldcat HNU  InfoGuide 


Licença Creative Commons
A Revista Mulemba utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.