ARTIFICIAL REEFS FOR MARINE AND FRESHWATER FISH MANAGEMENT IN BRAZIL: RESEARCHERS PROFILE AND ACADEMIC PRODUCTION OVER THE 1990-2010 PERIOD

Luana Barbosa Seixas, Nathalia Rodrigues Barreto, Luciano Neves dos Santos

Abstract


Publicações de 1990 a 2010 sobre o uso de recifes artificiais no manejo da ictiofauna no Brasil foram analisadas para caracterizar o perfil dos pesquisadores e descrever a evolução temporal da produção científica. Dez pesquisadores trabalhando com recifes artificiais aplicados ao manejo de peixes foram registrados, com a maioria conduzindo estudos em áreas marinhas rasas da região Sudeste. A razão entre a quantidade total de artigos publicados exclusivamente sobre recifes artificiais e o número total de publicações variou consideravelmente entre pesquisadores, de menos 1% até 100% da produção científica dedicada sobre recifes artificiais e peixes. Um total de 31 artigos foi publicado em periódicos científicos indexados, enquanto 44 publicações foram obtidas de veículos com circulação limitada (i.e. literatura cinza). Dos artigos científicos, 25 se referiram ao ambiente marinho enquanto apenas seis focaram sobre recifes continentais, sendo a maioria (86.7%) publicada em revistas com fator de impacto inferior a 2,0. Apesar do aparente incremento na produção de artigos indexados e com fator de impacto após 2000, nossos resultados enfatizam que estudos científicos sobre recifes artificiais para o manejo pesqueiro são recentes no Brasil, exigindo pesquisa adicional para se aproximar dos níveis atingidos pelos países mais produtivos sobre este tema de pesquisa.

Keywords


artificial reef; fish assemblages, marine, freshwater, management

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


 SCImago Journal & Country Rank