O método analítico-conceitual de Dahlberg: aplicação no contexto dos portfólios de projetos da Embrapa

Laura Rocha, Maria Luiza de Almeida Campos

Resumo


Objetiva ressaltar a relevância da fundamentação teórico-metodológica da Organização do Conhecimento para o profissional da informação envolvido com atividades relativas à modelização de domínios de conhecimento. Busca-se demonstrar a importância desse aporte teórico para o desempenho das atividades profissionais. Para tanto, direciona-se à aplicação do método analítico conceitual proposto por Ingetraut Dahlberg em sua Teoria do Conceito, com particular ênfase às definições conceituais, que assumem um papel fundamental para a compatibilidade entre a forma verbal e o conteúdo conceitual de um referente. Este estudo tem campo empírico dos portfólios de projetos de pesquisa da Embrapa. Conclui-se que a referida teoria mantém sua utilidade e relevância nos dias atuais, devendo ser adaptada pelo profissional da informação aos diversos contextos de aplicação possíveis.


Palavras-chave


Profissional da informação; Teoria do Conceito; Método analítico conceitual; Definições conceituais

Texto completo:

PDF EPUB HTML


DOI: https://doi.org/10.47681/rca.v5i1.32196

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.

ISSN: 2525-7935

Bases de Dados e Diretórios