Análise Prática de Mediação Acessível com um grupo de pessoas com deficiência intelectual em um museu português/ Practical analysis of accessible mediation with a group of people with intellectual disabilities in a portuguese museum

Desirée Nobre Salasar, Francisca Ferreira Michelon

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar e discutir uma intervenção da Terapia Ocupacional em uma visita com mediação acessível oferecida a um grupo de crianças com deficiência intelectual e necessidades educativas especiais, em um museu português. A prática referida neste trabalho insere-se no campo da Terapia Ocupacional e Cultura e foi realizada no Museu da Comunidade Concelhia da Batalha, localizado na Vila da Batalha, em Portugal, dentro do contexto do estágio em Acessibilidade Cultural, realizado no ano de 2015. As visitas guiadas a públicos especiais já compunham as atividades do setor educativo do Museu. Entretanto, a visita que será relatada neste artigo foi a primeira experiência do museu com intervenção da Terapia Ocupacional. Como resultados apresenta-se a relevância da utilização do instrumento de análise de atividade para que a visita abranja maiores interações entre sujeito-informação-ambiente. Destaca-se, assim, a necessidade do terapeuta ocupacional enquanto profissional integrante da equipe do setor educativo do museu. Com este trabalho, pretende-se fomentar a atuação do terapeuta ocupacional em ambientes museais.

 

Abstract

This article aims to present and discuss an intervention of Occupational Therapy in a visit with accessible mediation offered to a group of children with intellectual disability and special educational needs, in a Portuguese museum. The practice referred to in this work is in the field of Occupational Therapy and Culture and was held in the Museum of the Community of Batalha, located in Vila da Batalha, Portugal, within the context of the Cultural Accessibility Internship, held in 2015. The guided visits to special publics already comprised the activities of the educative sector of the Museum. However, the visit that will be reported in this article was the first experience of the museum with intervention of Occupational Therapy. As results, the relevance of the use of the activity analysis tool is presented so that the visit encompasses greater interactions between subject-information-environment. This highlights the need for the occupational therapist as a professional member of the museum's educational staff. This work intends to promote the work of the occupational therapist in museum settings.

Key words: intellectual disability; cultural rights; museums; Occupational Therapy.


Palavras-chave


Deficiência intelectual; direitos culturais; museus; Terapia Ocupacional.

Texto completo:

PDF

Referências


B1. Salasar DN; Silva LD'A; Michelon FF. Atuações da terapia ocupacional no contexto museológico: sensibilização para a diversidade. Cad. Bras. Ter Ocup. São Carlos. 2016; 24(1): 147-153.

Brandão JM. Acção Cultural e educação em Museus. Cadernos de Sociomuselogia. 1996; 5: 66-76.

Batalha. Município de Batalha. Divisão de Educação e Cultura. Museu da Comunidade Concelhia da Batalha: catálogo. Batalha. Publicenso; 2011.

Tojal APF. Comunicação museológica e ação educativa inclusiva. In: Cardoso, Eduardo; CUTY, Jenifer (Orgs.). Acessibilidade em ambientes culturais: relatos de experiências. Porto Alegre. Marcavisual; 2014, p 14-33.

Montagu A. Tocar: o significado humano da pele. 5ª ed. São Paulo. Summus; 1988.

Quarentei M. Coletivo Ocupacional. Botucatu: Arte Blog. 2015. Disponível em: . Acesso em: 13 de novembro de 2017.

Silva SNP. Análise de Atividade. In: Cavalcanti A; Galvão C. Terapia Ocupacional: Fundamentação e Prática. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan; 2014, p. 110-124.




DOI: https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto12758

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO



Indexado em:

   

           

   Resultado de imagem para REDIB