Terapia Ocupacional no cuidado ao idoso com demência: uma revisão integrativa/Occupational therapy in the care of the elderly with dementia: integrative review

Vanessa Silva Lins, Marcia Queiroz de Carvalho Gomes

Resumo


A demência é uma das principais causas de incapacidade entre a população idosa, sua prevalência vem crescendo com o aumento da longevidade e vem se tornando um problema de saúde pública. O idoso acometido por demência tem as ocupações e o desempenho ocupacional bastante comprometido, necessitando da assistência do terapeuta ocupacional. O objetivo do presente estudo é analisar as contribuições da Terapia Ocupacional na atenção ao idoso com demência, descritas nas produções científicas publicadas em periódicos na área de saúde. Trata-se de uma revisão sistemática, do tipo integrativa, realizada na plataforma BIREME, nas bases de dados da LILACS, SciELO e MEDLINE, usando os descritores “Demência AND Terapia Ocupacional” e “Doença de Alzheimer AND Terapia Ocupacional”, nos idiomas português e espanhol. Foram encontrados 33 artigos, desse total foram selecionados para análise 07 artigos, que estavam dentro dos critérios de inclusão. Esta revisão permitiu constatar que, apesar da tímida produção de publicações de terapeutas ocupacionais acerca da demência, nos dois idiomas pesquisados, a Terapia Ocupacional vem ampliando seu escopo de ação, para além das tradicionais abordagens cognitivas e centradas apenas no idoso, avançou na promoção de práticas preventivas e no manejo de sintomas psicológicos e comportamentais, que envolvem tanto o ambiente físico quanto o ambiente social do idoso. A Terapia Ocupacional tem desenvolvido e utilizado instrumentos próprios da profissão, tais como a DADL-Br e a COPM, fortalecendo sua identidade e especificidade. Vem contribuindo para a qualidade de vida e bem-estar do idoso com Demência e seus cuidadores/familiares, promovendo uma atenção integral e contextualizada.

 

Abstract

Dementia is one of the leading causes of disability among the elderly population. Its prevalence has increased with longevity growth and it has become a public health problem. The older adults person affected by dementia has his/her occupations and occupational performance quite compromised, requiring Occupational Therapy assistance. The objective of the present study is to analyze Occupational Therapy assistance contributions to the elderly with dementia, described in the scientific productions published in health journals. It is a review of the integrative type, performed in BIREME platform, in the databases of LILACS, SciELO and MEDLINE, using the descriptors "Dementia AND Occupational Therapy" and "Alzheimer's Disease AND Occupational Therapy", in Portuguese and Spanish.We have found 33 articles, from which 7 articles were selected for analysis, according to the inclusion criteria.This review showed that, in spite of the small number of publications about the performance of dementia in both languages, Occupational Therapy has expanded its scope of action. Beyond cognitive approaches focused on the older adults, it has been making progress on preventing and managing psychological and behavioral symptoms, involving both the physical and social environment of the older adults. Occupational Therapy has developed and used its own tests and evaluations, such as DADL-Br and COPM, strengthening its identity and specificity. It contributes to the quality of life and well-being of the elderly with Dementia and their caregivers / family, promoting integrated and contextualized care.

Keywords: Dementia, Alzheimer's Disease, Elderly; Occupational Therapy.


Palavras-chave


Demência; Doença de alzheimer; Terapia ocupacional.

Texto completo:

PDF

Referências


WHO - World Health Organization. Dementia: a public health priority. WHO/MSD/MER/15.2

http://www.who.int/mental_health/neurology/dementia/en/

Ministério da Saúde. Parecer Técnico-científico PTC 16/2013 Prevenção da demência. Brasília -- DF, Maio, 2013

Nitrini R, Caramelli P. Demências. In: Nitrini R, Bacheschi a. A neurologia que todo médico deve saber. 2ª ed. São Paulo: Editora Atheneu, 2010

Bottino CMC, Almeida OP. Demências: quadro clínico e critérios diagnósticos.

In Almeida OP, Nitrini R. (eds.). Demências. São Paulo: Fundo Editorial Byk, 1995:13-29.

Coffito -- Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional https://www.coffito.gov.br/nsite/?page_id=3382 Acesso dia 22/10/17

De Sousa Carleto, Daniel Gustavo et al. Estrutura da Prática da Terapia Ocupacional: Domínio e Processo -- 2.ª Edição. Occupational Therapy Practice Framework: Domain & Process. 2nd. Ver. Triângulo, [S.l.], v. 3, n. 2, fev. 2011. ISSN 2175-1609. Disponível em: . Acesso em: 22.out. 2017. doi:https://doi.org/10.18554/rt.v3i2.150.

Manual de revisão bibliográfica sistemática integrativa: a pesquisa baseada em evidências. Grupo Ä‚nima Educação Belo Horizonte, 2014

Ganong LH. Integrative Reviews of Nursing. Rev Nurs Health. 1987;10(1):1-11. APUD Lanzoni GMM, Meirelles BHS Rev. Latino-Am. Enfermagem maio-jun 2011;19(3):[08 telas] www.eerp.usp.br/rlae

Aravena Castro J M. La ocupación como factor protector de la demencia por enfermedad de Alzheimer. Revista Chilena de Terapia Ocupacional, [S.l.], v. 14, n. 2, p. Pag. 149-159, dic. 2014. ISSN 0717-5346. Disponible en: . Fecha de acceso: 01 sep. 2017

Canon MBF, Almeida MHM, Novelli, MMPC. Escala de avaliação de incapacidade na demência -- versão longa (DADL-BR). Cadernos Ter. Ocup. UFSCar, São Carlos, v. 24, n. 2, 2016, p. 323-334. Disponível em: http://www.cadernosdeterapiaocupacional.ufscar.br/index.php/cadernos/article/view/1166/719. Acesso em: 01 set 2017

Corrêa SES, Silva DB. Abordagem cognitiva na intervenção terapêutica ocupacional com indivíduos com Doença de Alzheimer. Rev. bras. geriatr. gerontol. [Internet]. 2009 Dec [cited 2017 Sep 01] ; 12( 3 ): 463-474. Available from:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-98232009000300463&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/1809-9823.2009.00012 . Acesso em: 01 set. 2017.

Cunha FCM, et al. Abordagem funcional e centrada no cliente na reabilitação de idoso com demência de Alzheimer avançada: relato de caso. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, São Paulo, v. 22, n. 2, p. 145-152, aug. 2011. ISSN 2238-6149. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2017.

Rodriguez J, Gajardo J. Sobre la contribución de la terapia ocupacional en el manejo no farmacológico de los síntomas psicológicos y conductuales asociados a la demencia.. Revista Chilena de Terapia Ocupacional, [S.l.], v. 12, n. 2, dic. 2012. ISSN 0717-5346. Disponible en: . Fecha de acceso: 01 set. 2017

Gajardo JJ, Aravena CJ M. ¿Cómo aporta la terapia ocupacional en el tratamiento de las demencias?. Rev. chil. neuro-psiquiatr. [Internet]. 2016 Sep [citado 2017 Sep 01] ; 54( 3 ): 239-249. Disponible en: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717- 92272016000300008&lng=es. http://dx.doi.org/10.4067/S0717-92272016000300008. Acesso em: 01 set. 2017.

Gajardo J; Cifuentes DF. Un modelo transaccional o contextualizado de autonomía en personas con demencia. Revista Chilena de Terapia Ocupacional, [S.l.], v. 14, n. 2, p. Pag. 185-195, dic. 2014. ISSN 0717-5346. Disponible en: . Fecha de acceso: 01 set. 2017


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO



Indexado em:

      

       

    Resultado de imagem para REDIB