Monitoria acadêmica e metodologias ativas em um curso de graduação de terapia ocupacional / Academic monitoring and active methodologies in an occupational therapy graduation course

Carlos Roberto Monteiro de Vasconcelos Filho, Elson Ferreira Costa

Resumo


Este artigo aborda e descreve o papel de um monitor em uma disciplina de um curso de graduação em Terapia Ocupacional, que adota as metodologias ativas de aprendizagem em seu projeto político-pedagógico. Observou-se que as funções cabíveis ao monitor foram de acompanhar, auxiliar e desenvolver estratégias de ensino em conjunto com o docente responsável pela disciplina e a coordenação do curso, explorando o ensino por meio de problematização. A monitoria se mostrou uma ferramenta potencializadora no ensino e aprendizagem de métodos e técnicas em terapia ocupacional.

 

Abstract

This article describes the role of the student monitor in a discipline of the undergraduate course in Occupational Therapy from the State University of Pará, which adopts active learning in the political-pedagogical project. It was observed that the monitor's functions were to monitor, assist and develop teaching strategies, with the teacher and the course coordination, exploring teaching through problematization. Academic monitoring has proven to be an empowering tool in teaching and learning methods and techniques in occupational therapy, both for the monitor and for the students.

Keywords: Teaching, Occupational Therapy, Case Reports.

 

Resumen

Este artículo describe el papel del monitor estudiante en una disciplina del curso de pregrado en Terapia Ocupacional de la Universidad del Estato de Pará, que adopta metodologías activas en su proyecto político-pedagógico. Este artículo describe el papel del monitor del estudiante en una disciplina del curso de pregrado en Terapia Ocupacional, que adopta metodologías de aprendizaje activo en su proyecto político-pedagógico. Se observó que las funciones aplicables al monitor eran monitorear, ayudar y desarrollar estrategias de enseñanza, en conjunto con el maestro responsable y la coordinación del curso, explorando la enseñanza a través de la problematización. La tutoría académica demostró ser una herramienta poderosa en los métodos y técnicas de enseñanza y aprendizaje en terapia ocupacional, tanto para el tutor como para los estudiantes.

Palabras clave: Enseñanza, Terapia Ocupacional, Informes de Caso.

 

 


Palavras-chave


Ensino;Terapia Ocupacional; Estudo de Caso

Texto completo:

PDF

Referências


Universidade do Estado do Pará. Projeto pedagógico do curso de Terapia Ocupacio-nal. Belém, PA; 2017. [acesso em 2020 mar. 17]. Disponível em: https://paginas.uepa.br/prograd/index.php?option=com_rokdownloads&view=file&Itemid=16&id=279:projeto-pedagogico-curso-terapia-ocupacional-novo-2017

Universidade do Estado do Pará. Resolução Nº 2808/15-CONSUN, 18 de Março de 2015. Fixa Normas Complementares para Execução do Programa de Monitoria no Âmbito de Universidade do Estado do Pará. [acesso em 2020 mar. 17]. Disponível em: https://paginas.uepa.br/prograd/index.php/resolucao-do-consun.html

Chaves MJC; Barbosa ES; Therrien SMN. Influência da monitoria acadêmica na for-mação do ser docente na enfermagem: um relato de experiência. Rev Cocar, Belém. 2017; 11(22):202-227.

Natário EG; Santos AAAS. Programa de monitores para o ensino superior. Estud Psi-col. Campinas. 2010;27(3):355 64.

Brasil. Câmara dos Deputados. Centro de Documentação e Informação. Lei Nº 5.540, de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. [acesso em 2020 mar. 17]. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-5540-28-novembro-1968-359201-normaatualizada-pl.pdf

Davini, M. C. Currículo integrado. In: Brasil. Ministério da Saúde. Coordenação Geral de Desenvolvimento de Recursos Humanos para o SUS. Capacitação pedagógica para instrutor/supervisor - área da saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 1994. p.39-58.

Brasil. Ministério de Educação e Cultura. Resolução nº 6 do CNE/CES de 19 de feve-reiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Terapia Ocupacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 4 mar. 2002. [acesso em 2020 mar. 10]. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES062002.pdf

Celestino Júnior; AF, Matos ECO; Andrade EGR; Lobato RV; Negrão SMC; Rego NCC. Monitoria acadêmica e metodologia da problematização: relato de experiência. Rev. Ciênc. Ext. São Paulo. 2017; 13(3):136-145.

Berbel NAN. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Se-mina. Londrina. 2011; 32(1):25-40. http://doi.org/10.5433/1679-0359.2011v32n1p25

Moraes SG; Marino MTRD; Fernandes D; Façanha MC. Metodologias ativas: o prota-gonismo do discente no processo de aprendizagem. Geografia Física. 2017; 1:3573-78. https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2310

Carabetta Júnior V. Metodologia ativa na educação médica. Rev Med. São Paulo. 2016;95(3):113-21.

Metzner AC. Proposta didática para o curso de licenciatura em educação física: apren-dizagem baseada em casos. Educ Pesqui. São Paulo. 2014; 40(3):637-650. https://doi.org/10.1590/s1517-97022014091464




DOI: https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto33644

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO



Indexado em:

   

           

   Resultado de imagem para REDIB