Terapia ocupacional social e crianças: desafios, limites e possibilidades para o trabalho em tempos de pandemia/Social occupational therapy and children: challenges, limits and possibilities for work in times of pandemic

Isabel Almeida de Mello Gomes, Helenayane Karla da Silva Morais, Ariely Cristinny Brasileiro de Medeiros, Nathália Maria Spohr de Medeiros, Lua Zayra Mendonça Marques, Beatriz Prado Pereira

Resumo


Contextualização: o presente trabalho relata parte das intervenções do Laboratório Metuia/Núcleo UFPB-Uncisal em parceria com as crianças de uma comunidade no município de João Pessoa/PB. Processo de Intervenção: foram desenvolvidas ações virtuais, de forma individual e coletiva, com crianças entre 6 e 11 anos, a fim de dialogar, apreender suas demandas e tentar criar estratégias para lidar com as situações emergentes e intensificadas pelo contexto em que vivemos. Análise crítica da prática: mesmo diante da complexidade do debate em torno da utilização do meio virtual, para o desenvolvimento das atividades práticas em terapia ocupacional social, acredita-se ser possível, apesar de não ser o ideal, a utilização dos recursos tecnológicos para a intervenção com as crianças. Síntese das considerações: o estar com as crianças permitiu continuarmos apreendendo, a partir das suas histórias e de suas famílias, a intensificação da desigualdade social causada pela pandemia da Covid-19 no Brasil.

Palavras-chave: Terapia Ocupacional. Crianças. Pandemia. Território Sociocultural


Abstract

Contextualization: this work addresses part of an Laboratório Metuia/Núcleo UFPB-Uncisal investigation in partnership with children from a community in the city of João Pessoa/PB. Intervention Process: virtual actions were developed, individually and collectively, with children between 6 and 11 years old, in order to dialogue, understand their demands and try to create strategies to deal with emergent situations, intensified by the context in which we live. Critical analysis of the practice: even given the complexity of the debate surrounding the use of the virtual work enviroment for the development of practical activities in social occupational therapy, it is believed that it is possible, although not ideal, to use such a method for the desired purposes. Summary of the considerations: being with the children allowed us to keep apprehending, based on their stories and their families, about the intensification of social inequality caused by the Covid-19 pandemic in Brazil.

 Keywords: Occupational Therapy. Children. Pandemic. Sociocultural Territory.

 

Resumen

Contextualización: el presente trabajo informa parte de las intervenciones del Laboratório Metuia/Núcleo UFPB-Uncisal en conjunto con los niños de una comunidad de la ciudad de João Pessoa/PB. Proceso de Intervención: se desarrollaron acciones virtuales, de manera individual y colectiva, con niños de entre 6 y 11 años, con el fin de dialogar, comprender sus demandas e intentar generar estrategias para enfrentar situaciones emergentes e intensificadas por el contexto en el que vivimos. Análisis crítico de la práctica: incluso ante la complejidad del debate en torno al uso del espacio virtual para el desarrollo de actividades prácticas en terapia ocupacional social, se cree que es posible, aunque no ideal, utilizar recursos tecnológicos para la intervención con los niños. Síntesis de las consideraciones: estar con los niños nos permitió seguir aprehendiendo, a partir de sus historias y sus familias, la intensificación de la desigualdad social provocada por la pandemia de Covid-19 en Brasil.

Palabras clave: Terapia Ocupacional. Niños. Pandemia. Territorio Sociocultural


Palavras-chave


Terapia Ocupacional Social. Infâncias. Pandemia. Recursos Tecnológicos

Texto completo:

PDF

Referências


Lopes, R. E., Borba, P. L. O. & Capellaro, M. (2011). Acompanhamento individual e articulação de recursos em terapia ocupacional social: compartilhando uma experiência. O Mundo da Saúde, 35, 233-238.

Nascimento, M. L. B. P. (2018). (In)visibilidade das crianças e (n)as cidades: há crianças? Onde estão? Educ. Foco, 23(3), 737-754.

Pastore, M.D. (2020). Infâncias, crianças e pandemia: em que barco navegamos? Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional, Preprint.

Sennett, R. (2004). Respeito: a formação de um caráter em um mundo desigual. Tradução Ryta Vinagre. Rio de Janeiro: Editora Record.

Santos BS. A Cruel Pedagogia do Vírus. 1ª ed. Coimbra: Edições Almedina, S.A.; 2020.




DOI: https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto42863

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO



Indexado em:

   

           

   Resultado de imagem para REDIB