O CAOS Sacro, uma análise do sagrado em "O homossexual ou a dificuldade de se expressar" de Copi

Suzi Frankl Sperber, Ariana Zilioti

Resumo


A partir dos conceitos de marca vitimária, crise indiferenciadora e assassínio coletivo presentes na teoria de René Girard, este artigo pretende investigar a elaboração do sagrado pelo dramaturgo argentino Copi na peça O homossexual ou a dificuldade de se expressar. Conhecido pela ambientação queer e pelo humor trash, nesta obra o autor borra os limites entre sagrado e profano, entre crime, vítima e sacrifício e, assim, nos revela aspectos fundamentais da condição humana.


Palavras-chave


tragédia; Copi; sagrado

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Ariana Zilioti, Suzi Frankl Sperber

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.