HELENISMO E CRÍTICA DA MODERNIDADE: a relação com a antiguidade no pensamento de Nietzsche

Alexandre Alves

Resumo


À procura da essência do helenismo, o jovem Nietzsche ainda acalentava a idéia de um efetivo “retorno” a uma experiência originária, que teria sido ocultada no decorrer da história da civilização e da qual somente os Gregos da época trágica possuiriam a chave. Entretanto, quando Nietzsche inicia sua luta contra a metafísica platônico-cristã, os Gregos passam a desempenhar o papel de um “contra-ideal” cultural para fazer face tanto à visão religiosa e metafísica de mundo quanto ao racionalismo científico moderno. Dessa forma, o helenismo será um dos elementos fundamentais na crítica de Nietzsche à modernidade.

Palavras-chave


Helenismo; Modernidade; Tragédia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Alexandre Alves