Quatro avatares para o conceito de diagrama

Alan Isaac Mendes Caballero

Resumo


A partir da leitura de Francis Bacon: a lógica da sensação associada a Pintura: o conceito de diagrama, ambos de 1981, pretendo retomar o conceito de diagrama na intenção de criar seus avatares, o que permitirá concebê-los por platôs, mas ainda relacionados aos momentos pré-pictóricos e pictóricos do ato criativo em pintura. Com isso, apresento quatro avatares para o conceito de diagrama: diagrama-catástrofe, diagrama-motivo, diagrama-modulação e diagrama-acidente. Essa sequência de avatares permitiu chegar a seguinte definição de diagrama: uma sucessão de momentos no ato criativo acompanhada por uma visão háptica, cujo efeito é o registro de sensações pela figuração de matérias de expressão, o que pode resultar ou não em ressonância afetiva para um corpo (orgânico ou sem órgãos).


Palavras-chave


Gilles Deleuze; Francis Bacon; diagrama; ato criativo; corpo sem órgãos

Texto completo:

PDF

Referências


AGOSTINHO, L. D. Diagrama ou dispositivo? Foucault entre Deleuze e Agamben. Cadernos de Ética e Filosofia Política, 30, 6-19, 2017.

AGUIRRE, G. S. Normatividad entre esteticidad y tecnicidad según Simondon: hacia una Estética del Derecho como Mecanología de las normas jurídicas. ARS, 17 (35), 19-42, 2019.

BARBOSA, M. de T. Pintar e pensar as forças: a criação em pintura e em filosofia segundo Deleuze. Viso: cadernos de estética aplicada, 8 (15), 80-99, jan.-dez. 2014.

BECKER, R. C. Direito e poder em Vigiar e punir: os conceitos de dispositivo e diagrama em Michel Foucault (uma leitura a partir de Gilles Deleuze). Dissertação (Mestrado em Direito) – PUC-RJ, Rio de Janeiro, 2014.

CARDOSO JR., H. R. Ontopolítica e diagramas históricos do poder: maioria e minoria segundo Deleuze e a teoria das multidões segundo Peirce. Veritas, Porto Alegre, 57 (1), 153-179, jan.-abr. 2012

COSTA, R. da. A presença da semiótica de C. S. Peirce nas reflexões de Gilles Deleuze sobre os signos. Cognitio, 20 (2), 286-303, jan.-dez. 2019.

DELEUZE, G. Cinema 1: a imagem-movimento. Tradução: Stella Senra. Editora Brasiliense, 1998.

DELEUZE, G. En medio de Spinoza. 2ª. Ed – Buenos Aires (Argentina): Editoral Cactus (Series Clases), 2008.

DELEUZE, G. Francis Bacon: lógica de la sensación 1. Traducción: Ernesto Hernández B. Cuba: Revista “Sé cauto”, 1984.

DELEUZE, G. Lógica do sentido. Tradução: Luiz Roberto Salinas. 5ª - Ed. São Paulo: Perspectiva, 2009.

DELEUZE, G. Pintura: el concepto de diagrama. Buenos Aires (Argentina): Editoral Cactus (Serie Clases), 2007.

DELEUZE, G; GUATTARI, F. O anti-Édipo: capitalismo e esquizofrenia 1. Tradução: Luiz Orlandi. 2ª. Ed. São Paulo: Editora 34 (Coleção TRANS), 2011.

FLORES, G. N.; VILLARREAL, X. M. Las transformaciones subjetivas en el diagrama de poder actual y sus implicaciones en la educación. Sophia, colección de Filosofía de la Educación, 31, 189-209, 2021.

FONTES FILHO, O. Francis Bacon sob o olhar de Gilles Deleuze: a imagem como intensidade. Viso: cadernos de estética aplicada, 1 (3), 70-90, set.-dez., 2007.

GUATTARI, F. Revolução molecular: pulsações políticas do desejo. Tradução: Suely Belinha Rolnik. 3ª. Ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1985.

HAN, B.-C. Topologia da violencia. Tradução: Paulo Enio Giachini. Petrópolis: Vozes, 2017.

HUR, D. U. Deleuze e a constituição do diagrama de controle. Fractal: Revista de Psicologia, 30 (2), 173-179, maio-ago. 2018.

LANDAETA, P.; ROJAS B.; CRISTIA, M. Um vitalismo deleuziano: bosquejos sobre el diagrama. Revista Filosofia, 29 (46), 73-94, jan.-abr. 2017.

MARCOS, C. L. Ser y devenir en los diagramas: huellas y protoformas como subtexto arquitectónico: de Deleuze a Eisenman. EGA, 16 (18), 102-115, 2011.

ROQUE, T. Sobre a noção de diagrama: matemática, semiótica e as lutas minoritárias. Revista Trágica: estudos de filosofia da imanência. 8 (1), 84-104, 2015.

ROWAN, J.; CAMPS, M. Los diagramas como materialización de la investigación en arte y diseño. ANIAV: Revista de Investigación en Artes Visuales, 3, 53-66, sep. 2018.

SIERRA, M. C. El concepto de diagrama en Gilles Deleuze. Monografia (Licenciatura em Filosofia) – Universidad Andrés Bello, Santiago (Chile), 2020.

SILVA, C. V. Diagrama e catástrofe: Deleuze e a produção de imagens pictóricas. Viso: cadernos de estética aplicada, 8 (15), 66-79, jan.-dez. 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Alan Isaac Mendes Caballero