Nietzsche, a genealogia e a arte: uma leitura de O Nascimento da Tragédia

Marcelo Rocha Souza

Resumo


Nossa intenção neste estudo é investigar qual teria sido, de acordo com O Nascimento da Tragédia, não a “origem” da arte grega, mas antes a sua “proveniência”, assim como a sua “emergência”. Ao fazê-lo, estaremos procedendo em conformidade com o próprio Nietzsche, para quem, como afirma Michel Foucault (“Nietzsche, a genealogia e a história”, in: Microfísica do poder), deveríamos procurar os começos das coisas não em princípios metafísicos, mas nas forças corporais, assim como nas configurações históricas.


Palavras-chave


Arte Grega. Proveniência. Emergência.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.