O sentido de subjacente na Física de Aristóteles

Francisco Dias Moraes

Resumo


No presente artigo nos propomos a apresentar a singularidade da compreensão aristotélica e grega de Natureza a partir da noção de subjacente (hupokeimenon), tal como esta é elaborada na Física de Aristóteles, a saber: como um dos princípios dos chamados entes naturais. Natureza, então, aparece como algo perfeitamente distinto do modo segundo o qual nós a entendemos usualmente hoje, à medida que esta se nos afigura como uma espécie de fundo de reserva disponível.

Palavras-chave


Natureza; Aristóteles; substância

Texto completo:

PDF

Referências


ARISTÓTELES. Physics. Trad. Wicksteed, P.M. London: Loeb Classical Librery, 2005.

__________.Física I e II. Trad. Lucas Angioni. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2009.

__________. Metafísica. Trad. Valentín Garcia Yebra. Madrid: Gredos, 1998.

AUBENQUE, P. Le problème de l’être chez Aristote: Essai sur la problématique aristotélicienne. Paris: PUF-Quadriage, 2002.

BEAUFRET, J. Dialogue avec Heidegger: Philosophie grecque. Paris: Les Editions de Minuit, 1987.

BERTI, E. Novos Estudos Aristotélicos II: Física, antropologia e metafísica. Trad. Silvana Cobucci Leite, Cecília Camargo Bartalotti e Élcio de Gusmão Verçosa Filho. São Paulo: Loyola, 2011.

BRAGUE, R. Introdução ao mundo grego: Estudos de história da filosofia. Trad. Nicolás Nyimi Campanário. São Paulo: Loyola, 2007.

__________. Aristote et la question du monde. Paris: Les Éditions du Cerf, 2009.

COULOUBARITSIS, L. La Physique d’Aristote: L’avènement de la Science Physique. Bruxelles: Ousia, 1997.

HEIDEGGER, M. Metafísica de Aristóteles IX 1-3: Sobre a essência e a realidade da força. Trad. Enio Paulo Giachini. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

__________. Marcas do caminho. Trad. Enio Paulo Giachini. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

WIELAND, W. Die aristotelische Physik. Göttingen: Vandenhoeck & Ruprecht, 1992.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.