Maioridade e devir-menor: Deleuze e Foucault nos limites da crítica kantiana

Fernando Padrão De Figueiredo

Resumo


Resumo: O objetivo do artigo é apresentar e confrontar as leituras de Gilles Deleuze e Michel Foucault sobre o texto kantiano “Resposta à questão: o que é o Iluminismo?”, de 1784. As duas leituras se situam sobre as noções de maioridade e minoridade, possibilitando questionar ou problematizar que tipo de espaço ou que espécie de uso da razão o artigo de Kant propõe como um espaço de liberdade ou de crítica. Desta maneira, articularemos alguns textos centrais aos dois pensadores sobre o tema, por exemplo, o artigo foucaultiano “O que são as luzes?” (de 1984), “Os intelectuais e o poder” (de 1972), e O que é a filosofia? (de 1991), de Gilles Deleuze.

Palavras-chave: Gilles Deleuze; Michel Foucault; Immanuel Kant.

Abstract: The purpose of this paper is present and compare the readings of Gilles Deleuze and Michel Foucault on Kant' articles “Resposta à questão: o que é o iluminismo?, 1784. The two readings are situated on the notions of majority and minority, questioning what kind of space or what kind of reason Kant proposes in this article as a space of freedom and critical. Thus, we articulate some central texts of the two thinkers on this subject, for example, Foucault' article “O que são as luzes? (1984), “Os intelectuais e o poder” (1972), and the work of Deleuze “O que é a filosofia? (1991).

Keywords: Gilles Deleuze ; Michel Foucault ; Immanuel Kant.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Ítaca - Periódico acadêmico administrado e editado por discentes de pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal do Rio de Janeiro

ISSN (1519-9002 | 1679-6799) 

 

Última atualização: Agosto/2019

Last update: Agust/2019