Desafiando os problemas: Um diálogo entre Filosofia, Educação e Artes Marciais

Felipe Araujo Fernandes

Resumo


O objetivo desse artigo é construir um diálogo entre filosofia, ensino e artes marciais.

Nosso primeiro objetivo é combater a ideia de que a filosofia é uma atividade meramente teórica. Defendemos que é uma atividade prática (ou deveria ser) tanto quanto as atividades físicas, voltada para resolver os problemas reais da vida. Nesse sentido, apresentamos a atividade filosófica como uma espécie de arte marcial, uma vez que ela possui essa dupla natureza: a artística e a combativa.

A partir disso iremos apresentar uma perspectiva que extrai os ensinamentos pedagógicos das artes marciais, em especial a Capoeira e o Kung Fu.


Palavras-chave


FILOSOFIA; EDUCAÇÃO; ARTES MARCIAIS; CAPOEIRA; KUNG FU.

Texto completo:

PDF

Referências


ABIB, Pedro Rodolpho Jungers. Capoeira Angola: Cultura popular e o jogo de saberes na roda. Salvador: EDUFBA, 2004.

ARAUJO, Felipe; CEPPAS, Filipe. A aula de filosofia como oficina de criação. Revista Ideação, Ed. Especial 2017, p.51-68, 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2018.

BERENSTEIN JACQUES, Paola. Estética da ginga. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2001.

CAMPANER, Sônia. Filosofia: Ensinar e Aprender. São Paulo: Livraria Saraiva. 2012.

CAPOEIRA, Nestor. Capoeira: Os fundamentos da malícia. 4ª Ed. Rio de janeiro: Record, 1998.

DELEUZE, Gilles & GUATTARI, Félix. O que é a filosofia. Rio de Janeiro: Editora 34, 1992.

DELEUZE, Gilles. Conversações. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

DELEUZE, Gilles. O Abecedário. Disponível em: . Acesso em: 23 fev. 2017.

DIAS, Rosa Maria. Nietzsche: vida como obra de arte. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Graal, 1989.

GALLO, Silvio. Deleuze & a Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

GALLO, Silvio. Filosofia e o exercício do pensamento conceitual na educação básica. In: Revista educação e filosofia. Uberlândia: v. 22, n. 44, p. 55-78, jul./dez. 2008.

GALLO, Silvio. Filosofia: experiência do pensamento – Manual do Professor. São Paulo. Scipione. 2014.

GALLO, Silvio. Metodologia do ensino de filosofia: uma didática para o ensino médio. São Paulo: Papirus Editora. 2013.

HUIZINGA, Johan. Homo Ludens – O jogo como elemento da cultura. Trad. de João Paulo Monteiro. São Paulo: Perspectiva, 2007.

LEMINSKI, Paulo. Vida: Cruz e Sousa, Bashô, Jesus e Trotsky – 4 Biografias. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

MARX, Karl e ENGELS, Friedrich. Ludwig Feuerbach e o fim da filosofia clássica alemã. São Paulo: Ed. Estampa, 1975.

NIETZSCHE, Friedrich. Obras incompletas. Coleção Os Pensadores: seleção de textos de Gérard Lebrun. Tradução e notas de Rubens Rodrigues Torres Filho. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1999.

REGO, Waldeloir. Capoeira Angola: ensaio sócio-etnográfico. Salvador: Itapuã, 1968, coleção baiana.

TZU, Sun. A arte da guerra. tradução de Sueli Barros Cassal. Porto Alegre: L&PM, 2006.

VAZQUEZ, Adolfo Sanchez. Filosofia da práxis. Rio


Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Ítaca - Periódico acadêmico administrado e editado por discentes de pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal do Rio de Janeiro

ISSN (1519-9002 | 1679-6799) 

 

Última atualização: Agosto/2019

Last update: Agust/2019