LUGAR DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA MATRIZ CURRICULAR DA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE GOIÁS

Álcio Crisóstomo Magalhães

Resumo


Partindo do entendimento de que as relações de produção dão sentido e significado aos jogos e brincadeiras, questiona-se qual o lugar do lúdico no Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de Goiás. A crítica cultural do documento em questão indica que a reforma curricular do Estado de Goiás desenvolve-se por um lado excluindo o elemento jogos e brincadeiras e por outro, enquadrando o par nos limites de um currículo básico, prescrito, altamente disciplinar e centrado de Linguagens e suas tecnologias, mas ou ignora a componente como constituinte da área ou a isola no conteúdo. O documento faz menção à Educação Física como componente curricular da área por completo em sugestões de possibilidades de organização de trabalho pedagógico dadas como a priori.

Palavras-chave


Jogos e brincadeiras. Reestruturação Curricular. SEDUCE/GO. Cultura

Texto completo:

PDF Sem título PDF

Referências


ASSIS, Sávio. Reinventando o esporte: possibilidade da prática pedagógica. São Paulo: Autores Associados, 2001.

BRACHT, Valter. A constituição das teorias pedagógicas da educação física. Caderno Cedes, ano XIX, n. 48, ago/1999.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. 2013

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Linguagens, códigos e suas tecnologias. Orientações Curriculares para o ensino médio. Vol., 1, 2006.

GOIÁS. (Estado) Secretaria Estadual de Educação. Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de Goiás. Goiânia, 2012. Disponível em: http://www.seduc.go.gov.br/imprensa/documentos/arquivos/Curr%C3%ADculo%20Refer%C3%AAncia/Curr%C3%ADculo%20Refer%C3%AAncia%20da%20Rede%20Estadual%20de%20Educa%C3%A7%C3%A3o%20de%20Goi%C3%A1s!.pdf. Acesso em: 12 de dez. 2018.

Coletivo de autores. Metodologia de Ensino de Educação Física. São Paulo: Cortez, 2009.

ENGUITA, Mariano Fernadez. A face oculta da escola. Porto Alegre: Artes Médicas, 1989.

GOIÁS. Secretaria da Educação. Reorientação Curricular do 1° ao 9º ano. Currículo em debate. Sequencias didáticas – Convite à Ação. Educação Física. 6.4. 2009a.

GOIÁS. Secretaria da Educação. Reorientação Curricular. Ensino Médio. Educação Física - 7. 2009b.

GOIÁS. Secretaria da Educação. Reorientação Curricular do 1° ao 9º ano. Currículo em debate. Matrizes Curriculares. Convite à Ação. Caderno 5. 2009c.

GOIÁS. Secretaria da Educação. Reorientação Curricular do 1° ao 9º ano. Currículo em debate. Sequencias didáticas – Convite à Ação. Educação Física. 7.4. 2010.

GRAMSCI, Antônio. Cadernos do Cárcere vol. 2, – Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

_____________. Cadernos do Cárcere, vol. 4. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

______________. Cartas do Cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978. .

RAVITCH. Diane. Vida e morte do grande sistema escolar americano. Porto Alegre: Sulina, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556.

Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.