PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM-TREINAMENTO DO SISTEMA DEFENSIVO 3:3 NO HANDEBOL DIANTE DE CRUZAMENTOS E TROCAS DE POSTOS ESPECÍFICOS OFENSIVOS

Rafael Pombo Menezes, Leonardo Cordeiro Boff, Vitor Daronco Freire

Resumo


O handebol é uma modalidade dinâmica, na qual o embate entre os atacantes e os defensores resulta em cenários técnico-táticos de alta complexidade e imprevisibilidade. Os sistemas defensivos são concebidos a partir de diferentes características dos jogadores da própria equipe e da equipe adversária. A escolha pelo sistema defensivo 3:3 demanda dos defensores rápidas tomadas de decisão mediante as ações ofensivas, como os cruzamentos e as trocas de postos específicos (ou permutas), conforme detalhadas neste texto. O objetivo deste estudo é apresentar diferentes situações de cruzamentos e permutas ofensivas, as possíveis respostas defensivas e, posteriormente, apontar possibilidades pedagógicas para o ensino-aprendizagem-treinamento (EAT) de tais situações. Desta forma, a partir das situações mapeadas é possível apontar possíveis estratégias defensivas, de modo que dificultem ao máximo a criação de espaços pelos atacantes. As possibilidades de intervenção apontadas neste estudo servem como balizadores, aos técnicos, para o processo de EAT do sistema defensivo 3:3, e não como soluções definitivas para os cenários apresentados.

Palavras-chave


Pedagogia do Esporte; Esportes Coletivos; Handebol; Tática Defensiva.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556. Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.