Some Observations On Word Order And Prosody In Karitiana Relative Clauses

Karin Camolese Vivanco

Resumo


O objetivo do presente trabalho é investigar possíveis alterações prosódicas em duas ordens de palavras encontradas nas orações relativas de objeto da língua karitiana (Tupi-Arikém). Em um experimento de produção elicitada, Vivanco (2014) verifcou que há duas ordens possíveis para relativas de objeto na língua karitiana: OSV e SOV. Assumindo a Teoria Autossegmental Métrica (Pierrehumbert, 1980, 2000, Ladd 2008), revisitamos os dados de Vivanco (2014) e mostramos que há uma diferença prosódica entre essas duas ordens: especifcamente, orações relativas com a ordem SOV têm um evento tonal (um acento L*+H) na sílaba tônica do NP sujeito; relativas de objeto com a ordem OSV, em contrapartida, não exibem nenhum contorno entoacional obrigatório.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35520/diadorim.2017.v19n0a13607

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Indexadores e bases bibliográfcias:
Google Scholar  LivRe  DRJI Base EZB  WorldCat Kubikat InfoGuide HNU 


Licença Creative Commons
A Revista Diadorim utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.