CHAMADA DE PROPOSTAS DE ARTIGOS – Número especial de Dilemas

GOVERNANÇA CRIMINAL NA AMÉRICA LATINA EM PERSPECTIVA COMPARADA
Organização: Benjamin Lessing (Universidade de Chicago)

     

Nas mais diversas cidades do mundo, a regulação da vida civil por grupos criminais tem se mostrado um fenômeno comum, persistente e complexo. No contexto latino-americano, a criminalidade e a violência têm sido objeto de potentes reflexões teóricas a respeito da ética criminal, dos mercados de proteção e venda de mercadorias ilícitas, das práticas de extorsão, de regulação de conflitos e de imposição de normas de conduta. As particularidades da história social de cada cidade estudada e das conjunturas sociopolíticas implicadas induz a que, muitas vezes, essas questões sejam tratadas teoricamente em sua complexidade e, no entanto, de maneira fragmentária.

No esforço de alinhavar continuidades entre os diversos contextos empíricos em que populações são impactadas pela presença de grupos criminais e suas práticas de regulação do cotidiano, convocamos propostas para participar da construção coletiva do número especial da revista Dilemas, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, em parceria com a Universidade de Chicago e a Fundação Getúlio Vargas.  O principal objetivo deste dossiê é compreender as variações entre diferentes modelos de regulação da vida civil e colocá-los em uma perspectiva comparativa estruturada. Nesse sentido, o dossiê consiste, também, em um incentivo à colaboração entre pesquisadores e o compartilhamento de dados empíricos, trazendo estes para o cerne do debate.

Assim, convidamos pesquisadores a apresentarem propostas de artigo que visem à comparação de dois ou mais contextos, preferencialmente em cidades distintas, em que sejam identificadas práticas de controle de populações, mercados e territórios exercidas por grupos criminais. A presente chamada convoca à submissão de resumos expandidos de artigos a serem desenvolvidos dentro do cronograma de elaboração coletiva do número especial. É aconselhável propostas com base em pesquisas já concluídas ou em fase avançada. O processo de construção da publicação envolverá a participação obrigatória e remunerada em duas oficinas a serem realizadas na modalidade remota em data pré-determinada, além de um evento de lançamento do dossiê. Os artigos serão publicados na língua original e traduzidos para o inglês, no caso dos textos em português ou espanhol. 

 

OBSERVAÇÕES

* A publicação do artigo dependerá da aprovação por pareceristas da revista DilemasA seleção vai seguir a política da revista de exigir de todos os autores a titulação mínima de mestre.
** Bolsas totalizando R$3000 por artigo serão pagas aos autores desde que observadas as seguintes condições: 1) pelo menos um dos autores deve participar das duas oficinas; 2) tanto a versão preliminar quanto a versão final do artigo devem ser entregues no prazo estipulado no cronograma abaixo.
***A bolsa será paga por proposta selecionada e não por autor.


CRONOGRAMA

03/05/2021 – Prazo de submissão dos resumos expandidos
17/05/2021 – Divulgação do resultado da seleção de propostas
24/05/2021 – Realização da 1ª oficina
07/06/2021 – Entrega da primeira versão dos artigos
07/07/2021 – Realização da 2ª oficina
02/08/2021 – Entrega da versão final dos artigos


NORMAS PARA SUBMISSÃO DAS PROPOSTAS

  1. Serão aceitos resumos expandidos em portuguêsespanhol e inglês enviados em arquivos no formato .doc, .docx, ou .pdf com no máximo 6.000 caracteres com espaços (referências bibliográficas não incluídas no limite de caracteres).
  2. O resumo deve indicar:
    • Quais casos/cidades serão comparados;
    • Quais dimensões ou aspectos serão comparados em cada contexto (e.g. controle territorial; interferência eleitoral; provisão de serviços de resolução de conflitos/justiça aos moradores etc.);
    • Qual a relevância da comparação entre as dimensões e casos propostos;
    • Quais fontes ou dados serão empregados e a procedência deles (e.g. notas de pesquisa de campo em tais comunidades, 2017-18; survey de 100 moradores entre 2019-20 etc.);
    • Nome, instituição e contato de e-mail dos autores e o título provisório do artigo.
  3. As propostas deverão ser enviadas até às 23h59 GMT-3 (horário de Brasília) do dia 03 de maio de 2021 para o e-mail criminalgovernance@gmail.com, com o assunto “Proposta para número especial”.
  4. As propostas serão avaliadas por um comitê internacional, que selecionará as melhores para inclusão no dossiê.


PERGUNTAS FREQUENTES

Posso propor um artigo de autoria individual ou tem que ser colaborativo?
Encorajamos propostas de publicação conjunta ou coletiva (com dois ou mais pesquisadores), mas serão também acolhidas propostas individuais, desde que se proponham a comparar ao menos dois contextos empíricos.

Qual é a definição adotada para “governança criminal”?
Nos referimos aqui à governança criminal como as práticas de regulação das condutas operadas por grupos criminais sobre não-membros, podendo tratar-se moradores de áreas controladas por esses grupos ou também outros atores criminais, como a massa carcerária ou atores criminais autônomos. 

Qual é a definição adotada para “grupos criminais”?
Trabalhamos com um espectro amplo de definições: grupos comumente considerados criminais como os chamados comandos, facções, milícias, gangues, maras, pandillas, bandas, cartéis e demais coletivos criminais; grupos situados na “zona cinzenta” como paramilitares, bandas podres da polícia, entre outros, podem ser abordados também. Para outros grupos cuja definição como “criminal” escape a esse rol, caberá ao proponente convencer o comitê de que vale a pena considerá-los assim.