Violência homicida no Nordeste brasileiro: Dinâmica dos números e possibilidades causais

José Maria Pereira da Nóbrega Júnior

Resumo


Os homicídios no Nordeste brasileiro crescem de forma linear e contínua desde o início da década de 1980. Este artigo analisa a dinâmica da violência homicida, suas implicações socioeconômicas e institucionais, objetivando avaliar algumas possibilidades causais entre desigualdade e pobreza, o desempenho econômico e o papel das instituições coercitivas na relação com os homicídios na região. Para isso, foi utilizado o método estatístico descritivo e o teste de variáveis independentes no intuito de testar algumas hipóteses que tiveram como base a literatura especializada.


Palavras-chave


homicídios, segurança pública, dinâmica, possibilidades causais, violência

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

        

APOIO: 

SCImago Journal & Country Rank