A arte e a cultura a serviço do social nos territórios desqualificados: desafios, tensões e paradoxos

Stéphanie Pryen

Resumo


A partir de uma série de pesquisas realizadas entre 2000 e 2009, a autora analisa experiências de “reinserção” de moradores de comunidades “desqualifi cadas” na França -- experiências que nos anos 1990 eram louvadas por seus efeitos de transformação e de valorização social --, afim de ter contato com o ponto de vista daqueles que delas participavam, por meio de uma abordagem compreensiva e interacionista. Procurou-se, então, analisar o que estava em jogo nas ofi cinas artísticas com finalidades explicitamente sociais. Além das entrevistas e observações etnográfi cas, a pesquisadora participa de uma oficina de teatro organizada por um centro social.

 

Drawing on a series of research studies conducted between 2000 and 2009, the author reviews experiences of ‘reinsertion' of residents from ‘disqualified' communities in France. In the 1990s these experiences were acclaimed for their positive eff ects of social transformation, and through a comprehensive and interactionist approach, this paper explores the viewpoint of those who actually participated in such reinsertions. It therefore seeks to analyse what was at stake in the art workshops with explicitly social purposes. As well as interviews and ethnographic observations, the researcher participated in a drama workshop organized by a social centre.


Palavras-chave


reinserção, arte e cultura como fatores de transformação, comunidades “desqualificadas”, França

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Visite nossa página no Facebook

             

APOIO:    

SCImago Journal & Country Rank