Percepções de jovens sobre conflitos e violências na escola

Nalayne Mendonça Pinto

Resumo


O artigo apresenta as falas de alunos de duas escolas públicas municipais sobre as percepções dos conflitos e violências no ambiente escolar. Analisa-se como eles constroem discursos e narrativas acerca dos conflitos e o que classificam como atos e comportamentos violentos. Também percebe-se como são encaminhados os conflitos e se a mediação e/ou conciliação torna-se possível para a solução das diferenças. A alteridade é balizadora do debate e fonte de tensão e conflito. Vê-se, assim, a necessidade de pensar a escola como um espaço plural e facilitador na solução de conflitos, onde os jovens aprendam a conviver com a diversidade, a tolerância e o diálogo.

 

The article Youth Interpretations of Conflicts and Violences at the School presents of high school students about their perceptions of conflict and violence in the educational enviromenment. The aim was to analyze how they construct their discourses and narratives about the conflits and what kind of actions and behaviors they consider as violent. Likewise, we intended to understand how conflicts are managed and what extend the possibility of mediation and/or conciliation become a potencial resource for the solution of diferences. We conclude with the need to think the school as a place for facilitation and guidance.

Keywords: Youth, Conflict, School, Mediation, Violence


Palavras-chave


juventude, conflitos, escola, mediação, violência

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO: