O Sistema Jurídico Juvenil do Distrito Federal e a escuta da dor: Notas sobre a continuidade entre criminalização e objetificação

Elisa Matos Menezes, Tiago Eli de Lima Passos

Resumo


Este artigo articula-se segundo dois objetivos básicos e inter-relacionados. Constitui estudo de caso de um episódio de violência institucional perpetrada contra um “menor infrator”, evento especialmente revelador e cujos desdobramentos se puderam acompanhar durante pesquisa de campo. Trata da escuta da dor de outrem, um tema de importância fundamental para a antropologia. A aproximação à problemática da escuta da dor de outrem atenta para a objetificação do corpo de um adolescente no marco institucional do sistema dito protetivo juvenil. Por fim, consideramos possibilidades, desafios e limites acerca do que seja um compartilhamento da dor.

 

The article The Juvenile Court System in the Federal Dis­trict and Listening to Pain: Notes on Continuity among Criminalization and Objectification is based on two ba­sic and interrelated objectives. It consists of a case study of an episode of institutional violence perpetrated against a “juvenile offender”; a particularly revealing event, the conse­quences of which could be followed during the field work. It also addresses the question of listening to the pain of oth­ers, a topic of fundamental importance to anthropology. The critical questioning of the act of listening to others' suffering focuses on the objectification of the body of an adolescent within the institutional confines of the so-called juvenile protection system. Finally, we consider the possibilities, chal­lenges and limits regarding to the sharing of the pain.

Keywords: anthropology of pain, body, child and juvenile rights, institutional violence, human rights


Palavras-chave


antropologia da dor, corpo, direitos da infância e juventude, violência institucional, direitos humanos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO: