De la violence politique et de la guerre en Angola

Daniel dos Santos

Resumo


A partir de uma confluência entre história, sociologia e antropologia, o objetivo deste artigo é analisar a guerra civil angolana (1975-2002) como uma construção política responsável por uma estratégia econômica e social que continua até hoje naquele país. A Justiça e o direito, tanto nacional angolano quanto internacional, desempenham papeis muito discretos nesse processo, o que nos leva a propor como abordagem alternativa a ideia de socialidade “vindicatória“ a fim de repensar os limites epistemológicos das tradições criminológicas para observar e estudar um objeto quase ignorado pela criminologia, o da violência política em tempos de guerra.

 

Partant d'une perspective historique, la guerre civile angolaise de 1975 à 2002 est analysée comme une construction politique débouchant sur une stratégie économique et sociale qui se poursuit jusqu'à aujourd'hui. La justice et le droit au niveau tant national qu'international jouent un rôle effacé, ce qui devrait nous conduire à explorer une approche de socialité «vindicatoire» comme alternative et à repenser les limites épistémologiques des traditions criminologiques pour observer et étudier un objet presque ignoré par la criminologie.

Mots-clé: Angola, conflit, guerre, histoire, socialité 'vindicatoire'


The aim of the article Political Violence and the War in Angola is to analyze the Angolan civil war (1975-2002) from an historical perspective as a political construction leading to an economic and social strategy that goes on till today. National and international justice and law play a very inconspicuous role. An alternative to this situation would be to turn and explore a more “vindicatory” sociality approach. This should drive us to rethink the epistemological limits of criminological traditions to observe and study armed conflict, as war is almost ignored as an object of study in criminology.

Keywords: Angola, conflict, war, history, ‘vindicatory' sociality


Palavras-chave


Angola, conflito, guerra, história, socialidade 'vindicatória'

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Ao submeter um texto, o(s) autor(es) declara(m) aceitar todos os termos e condições da revista e cede(m) a ela os direitos de publicação impressa e digital. Os direitos autorais dos artigos publicados são do autor, porém com direitos da DILEMAS - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social sobre a primeira publicação.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

               

APOIO: