POLÍTICA E IMPRENSA ANARQUISTA: A DEMOCRACIA NAS PÁGINAS DO JORNAL AÇÃO DIRETA (1946)

Arthur Guimarães de Oliveira Castro

Resumo


Este trabalho apresenta como a imprensa anarquista debateu a democracia nos anos de 1946, período que corresponde ao início do primeiro governo democrático após a ditadura de Vargas, especificamente o periódico anarquista Ação Direta. Da 4ª à 12ª edição, diversos anarquistas especulam sobre conceitos democráticos, participação política e socialismo, ao longo de uma diversidade de textos que incluem artigos de brasileiros como José Oiticica, revolucionários clássicos como Mikhail Bakunin e periódicos dos mais diversos países. Democracia é entendida entre a maioria do movimento anarquista como uma construção política de participação direta e coletiva, distante do modelo representativo predominante nos países liberais capitalistas


Palavras-chave


Democracia; Imprensa anarquista; Ação Direta; Participação; Socialismo

Texto completo:

PDF

Referências


BAKUNIN, Mikhail. Deus e o Estado. hedra, 2015.

BERNARDO, João. Labirintos do fascismo: na encruzilhada da ordem e da revolta. 2003.

CORRÊA, Felipe. Rediscutindo o Anarquismo: uma abordagem teórica. São Paulo: USP (Mudança Social e Participação Política), 2012.

CORRÊA, Felipe; BERTHIER, René. Teoria política e método de análise no pensamento de Bakunin. 2014. Disponível em:https://ithanarquista.files.wordpress.com/2014/11/renc3a9-berthier-teoria-polc3adtica-e-mc3a9todo-de-anc3a1lise-no-pensamento-de-bakunin.pdf. Acesso em: 05/03/2018.

COUTINHO, Carlos Nelson. A democracia como valor universal. São Paulo: Ciências Humanas, p. 68, 1980.

CRUZ, Heloisa de Faria; PEIXOTO, Maria do Rosário da Cunha. Na oficina do historiador: conversas sobre História e Imprensa. São Paulo, 2007, p. 253, Projeto História, n. 35.

FUNARI, Pedro Paulo. Grécia e Roma. Contexto, 2001.

LOSURDO, Domenico. O que é o liberalismo? Por uma contra-história. movimento-revista de educação, n. 10, 2004.

LÖWY, Michael. Dez teses sobre a ascensão da extrema direita europeia. Tradução Úrsula Passos. In: Jornal Correio do Brasil. Disponível em:< http://correiodobrasil. com. br/destaque-do-dia/lowy-dez-teses-sobre-a-ascensao-da-extremadireita-europeia/710826/> Acesso em 11/08/2019.

LÖWY, Michael. A extrema-direita: Um fenômeno global. 2019. Disponível em: Acesso em: 11/08/2019.

MARTINS, Ana Luiza; LUCA, Tania Regina De. História da imprensa no brasil. 2 ed. São Paulo: Contexto, 2011. 260-263 p.

MEIRELES, Ana. Le Pen muda a página do partido com um objetivo: chegar ao poder. Diário de Notícias, 2018. Disponível em: . Acesso em: 11/08/2019.

MERQUIOR, José Guilherme. O liberalismo-antigo e moderno. É Realizações Editora Livraria e Distribuidora LTDA, 2016.

PEDRO, Felipe Corrêa et al. " Unidade real de pensamento e ação": teoria política e trajetória de Mikhail Bakunin. 2019.

ROCHA, Bruno Lima. A Interdependência Estrutural das Três Esferas. Porto Alegre, UFRGS (doutorado em Ciência Política), 2009.

SILVA, Rafael Viana da. Elementos inflamáveis: organizações e militância anarquista no Rio de Janeiro e São Paulo (1945-1964). Editora Prismas, 2017.

SCHMIDT, Michael; VAN DER WALT, Lucien. Apresentando Chama Negra, 2013 (2009). Disponível em: https://ithanarquista.files.wordpress.com/2013/08/michael-schmidt-e-lucien-van-der-walt-apresentando-chama-negra.pdf. Acesso em: 04/03/2018.

ZICMAN, Renée B. História através da Imprensa: Algumas considerações metodológicas. Projeto História (PUCSP), São Paulo, v. 4, p. 89-102, 1985.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Estudos Libertários

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.