PRIMEIRA AVALIAÇÃO DO STATUS DE CONSERVAÇÃO DOS MAMÍFEROS DO ESTADO DA BAHIA, BRASIL

Camila Righetto Cassano, Juliana Monteiro de Almeida-Rocha, Martín Roberto Alvarez, Christine Steiner São Bernardo, Gledson Vigiano Bianconi, Sofia Campiolo, Claudia Bueno de Campos, Daniel Danilewicz, Fábio de Carvalho Falcão, Felipe Vélez García, Gastón Andrés Fernandez Giné, Carlos Eduardo Guidorizzi, Leandro Jerusalinsky, Yvonnick Le Pendu, Milton Cesar Calzavara Marcondes, Vanessa Lazaro Melo, Fabiana Rocha Mendes, Michel Miretzki, Leonardo Gomes Neves, Leonardo C. Oliveira, Alex Ramos Pereira, Kena Ferrari Moreira da Silva, Maria do Socorro Reis, Kristel Myriam De Vleeschouwer, Emerson Monteiro Vieira, Gil Evaristo Iack Ximenes

Abstract


Listas de espécies ameaçadas identificam taxa com real ou potencial risco de extinção em uma escala regional e global, embasando a tomada de decisões e a formulação de políticas públicas. A construção da primeira lista estadual de espécies ameaçadas de extinção na Bahia teve início em 2013. Este artigo descreve a avaliação do status de conservação de mamíferos na Bahia e seus principais resultados. A construção da lista ocorreu em três etapas: (1) preparatória, (2) avaliação e (3) final (validação). Uma espécie foi considerada regionalmente extinta, 41 foram incluídas em categorias de ameaça ('Criticamente em Perigo', 'Em Perigo' ou 'Vulnerável') e quatro foram consideradas 'Quase Ameaçadas'. Além disso, 51 espécies foram classificadas como 'Dados Insuficientes'. Perda e fragmentação de habitat, caça e atropelamento foram listadas como as principais ameaças para os mamíferos da Bahia. Trinta e três das 45 espécies ameaçadas ou 'Quase Ameaçadas' tiveram registros em 21 Unidades de Conservação (UC) de proteção integral, localizadas inteira ou parcialmente na Bahia, e 32 das 45 espécies são cobertas por Planos de Ação Nacional (PAN). A lista de mamíferos ameaçados de extinção na Bahia inclui percentual elevado de carnívoros, mamíferos aquáticos, primatas e ungulados, seguindo o padrão observado em listas vermelhas. O alto número de espécies 'Dados Insuficientes' e a concentração de esforços de pesquisa em regiões restritas do estado são alarmantes e sugerem ausência de planejamento e baixa aplicação de recursos para descrever a biodiversidade, resultando em um conhecimento limitado sobre as populações de mamíferos e suas distribuições geográficas. A Bahia ocupa uma posição de destaque para a conservação de alguns taxa cuja distribuição é total ou majoritariamente incluída no estado. Os biomas Caatinga, Cerrado e Marinho carecem de UC de proteção integral para representar sua mastofauna característica. A publicação da lista de mamíferos ameaçados de extinção, investimentos para a criação e proteção efetiva de UC existentes e outras ações previstas em PAN são instrumentos complementares que devem ser fomentados por instituições governamentais e não-governamentais no intuito de proteger a rica diversidade demamíferos da Bahia.


ABSTRACT - FIRST EVALUATION OF MAMMALS CONSERVATION STATUS IN BAHIA, BRAZIL Endangered species lists identify real and potential taxa extinction risks at global and regional scales, supporting decision-making processes and public policy. The construction of the first list of threatened species in Bahia state started in 2013. This paper describes the evaluation of conservation status of mammals in Bahia and its main results. The list was built in three phases: (1) preparatory, (2) evaluation and (3) final (validation). One species was considered regionally extinct, 41 were included in categories of threat ('Critically Endangered', 'Endangered' or 'Vulnerable') and four were considered 'Near Threatened'. Moreover, 51 species were classified as 'Data Deficient'. Habitat loss and fragmentation, hunting and roadkill were listed as the main threats for mammals in Bahia state. Thirty three out of 45 threatened or 'Near Threatened' species were recorded in 21 strictly protected areas (PA), completely or partially located in Bahia, and 32 of the 45 species are included in National Action Plans (PAN). The list of threatened mammals of Bahia includes a high percentage of carnivores, aquatic mammals, primates and ungulates, following the pattern of red lists. The high number of 'Data Deficient' species and research effort concentration in relatively small regions along the state are alarming and suggest the absence of planning and insufficient resource destination for biodiversitydescription, resulting in a limited knowledge on mammal populations and geographic distributions. Bahia occupies a prominent position regarding the conservation of taxa whose distribution range is totally or mainly included in the state. Caatinga, Cerrado and Marine biomes lack of strict PA to represent their diversity of mammal species. The publication of the list of mammals threatened with extinction, efforts to create and effectively protect current PA, and further actions considered in PAN are complementary tools that should be fomented by the government and nongovernment institutions aiming at protecting the rich mammal diversity of Bahia.


Keywords


biodiversity conservation; Mammalia; threatened species

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4257/oeco.2017.2102.06

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Locations of visitors to this page
  

We are also in Facebook! Like our fan page on

(www.facebook.com/OecologiaAustralis)

 

ISSN 2177-6199