ABIDOS E OSÍRIS ALÉM DOS FARAÓS: A MANUTENÇÃO DE UMA CONCEPÇÃO DE MUNDO EGÍPCIA

Autores

  • Alexandre Santos de Moraes Professor do Departamento de História e do Programa de Pós-graduação em História da Universidade Federal Fluminense (UFF). http://orcid.org/0000-0002-4172-5580
  • Beatriz Moreira da Costa Doutoranda e mestre em História com ênfase em História Antiga pela Universidade Federal Fluminensee. É pesquisadora do Laboratório de História Antiga da Universidade Federal do Rio de Janeiro (LHIA-UFRJ) e do Núcleo de Estudos de Representações e de Imagens da Antiguidade (Nereida-UFF). https://orcid.org/0000-0001-5947-564X

DOI:

https://doi.org/10.26770/phoinix.v26.2n06

Palavras-chave:

Osíris, Abidos, Egito Ptolomaico, Egito Romano, estelas funerárias.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar as evidências da manutenção de Abidos como centro do culto do deus Osíris no período greco-romano. Para tal, mobilizamos documentações escritas que abordam a perspectiva greco-romana acerca de Abidos e seus significados religiosos e funerários. Para enriquecer a discussão, elencamos documentos materiais e arqueológicos provenientes de Abidos, tais como estelas e sarcófagos. Defendemos que a continuidade do culto a Osíris na localidade demonstra a busca dos egípcios pela preservação de suas práticas religiosas diante de uma mudança de cenário político-cultural.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2020-12-07

Como Citar

MORAES, Alexandre Santos de; COSTA, Beatriz Moreira da. ABIDOS E OSÍRIS ALÉM DOS FARAÓS: A MANUTENÇÃO DE UMA CONCEPÇÃO DE MUNDO EGÍPCIA. PHOÎNIX, [S. l.], v. 26, n. 2, p. 95–111, 2020. DOI: 10.26770/phoinix.v26.2n06. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/phoinix/article/view/39905. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos