Ações afirmativas como interface dos Direitos Humanos e sua presença na legislação brasileira

Marcio Toledo Rodrigues

Resumo


Este artigo procura compreender as Políticas de Ação Afirmativa como uma das interfaces dos Direitos Humanos em sua defesa pela promoção da inclusão das minorias e como um instrumento para o enfrentamento ao preconceito, à discriminação e ao racismo. Além disso, o presente trabalho pretende articular como esse debate se refletiu no ordenamento jurídico brasileiro após a redemocratização do país.


Palavras-chave


Ação Afirmativa, Direitos Humanos, Legislação Brasileira

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2021 Revista Praia Vermelha

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.