Vende-se Rio de Janeiro, ótimo Estado, todo reformado, segurança reforçada, excelente para temporadas

Paloma Henriques Maricato

Resumo


O presente artigo é resultado do interesse em analisar o atual momento de transformações urbanas vivenciado no Rio de Janeiro. Busca discutir a cidade commodities, tratando das transformações processadas na cidade com o novo contexto de empresariamento urbano e os diferentes interesses em jogo para a construção de uma imagem-síntese de cidade, bem como o papel das UPPs nesse processo de reurbanização. Além disso, trabalha a ameaça que as manifestações trazem para a construção dessa imagem. É necessário atentarmos para as modificações dadas nos territórios trabalhados, entendendo a produção dessas transformações no contexto de cidade-empresa, no qual aprofundam as desigualdades territoriais e modificam tais espaços a partir dos interesses da classe dominante.

Texto completo:

PDF

Referências


BARREIRA, Marcos. Cidade Olímpica: sobre o nexo entre reestruturação urbana e violência na cidade do Rio de Janeiro. In: BRITO, Felipe; OLIVEIRA, Pedro Rocha de. (org) Até o último homem: Visões cariocas da administração armada da vida social. 1° ed: São Paulo. Editora: Boitempo, 2013.

BORJA, J.; CASTELLS, M. As cidades como atores políticos. Novos estudos CEBRAP: São Paulo, nº 45, julho, 1996.

DaMatta, Roberto. Você sabe com quem está falando?. In.: Carnavais, Malandros e Heróis: para uma sociologia do dilema brasileiro. 6ª ed. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

GEMINIANO, Wagner. As UPPs e a remoção branca nas favelas do Rio ou a cidadania sobe o morro de caveirão e quando apeia dá de bico em quem mais esperava por ela: os pobres, 12 jan., 2012. Disponível em: http://experimentoshistoriogrficos.blogspot.com.br/2012/01/as-upps-e-remocao-branca-nas-favelas-do.html

HARVEY, David. Do gerenciamento ao empresariamento: a transformação da administração urbana no capitalismo tardio. In: Espaço & Debates: revista de estudos Regionais e Urbanos, Ano XVI, nº 39, 1996, pp. 48-64.

IASI, Mauro Luis. Ensaios sobre consciência e emancipação. São Paulo: Expressão popular, 2007. Capítulo 1 -- Reflexões sobre o processo de consciência. pp. 11 a 45.

IASI, M. L. -- As metamorfoses da consciência de classe: o PT entre a negação e o consentimento. São Paulo: Expressão Popular, 2006.

KOSIK, Karel. Dialética do concreto. Trad. Célia Neves e Alderico Toríbio. 4ª edição Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976. (pp.3-54 e pp. 195-221)

MALAGUTI, Vera B. O medo na cidade do Rio de Janeiro: dois tempos de uma história. Ed Revan: Rio de Janeiro, 2003.

MARX, Karl. A Ideologia Alemã. In IANNI, O. (org.) Karl Marx - Sociologia. São Paulo: Ática, 1979. (pp.45-61 e 145-158).

MARX, K.; ENGELS, F. O manifesto do partido comunista. São Paulo: expressão popular, 2008.

MARICATO, Ermínia. É a questão urbana, estúpido. In.: MARICATO, Ermínia (org.). “Cidades rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil.” São Paulo: Ed. Boitempo: Carat maior, 2013.

MARICATO, Paloma H. O processo de pacificação nas favelas cariocas: elementos para uma crítica. Dissertação de mestrado pelo PPGSS/UFRJ, 2014.

MARTINS, M; Em 76% das UPPs no Rio há denúncia contra algum policial. Folha de São Paulo, São Paulo, 13 out., 2013. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/09/1335523-em-76-das-upps-no-rio-ha-denuncia-contra-algum-policial.shtml acessado em 13/10/2013.

MENEGAT, Marildo. “Sem lenço nem aceno de adeus” In: Praia Vermelha: estudos de política e Teoria Social. Vol. 18, 2008. Rio de Janeiro, UFRJ.

MÉSZÁROS, István (2008). A desigualdade social crescente, as classes sociais e as formas de organização social. In: MENEGAT, Marildo; BERING, Elaine R. e FONTES, Virginia. Dilemas da humanidade: diálogos entre civilizações. Rio de Janeiro: Contraponto, 2008.

PIRES, Lênin; RIBEIRO, Luiz César; KANT, Roberto de Lima. Entre a guerra e a pacificação: Paradoxos da administração institucional de conflitos no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

ROCHA, C; SCHMIDT, S; RAMALHO, S. Beltrame sobre 5 anos de UPP: ‘Daqui a 20 anos, o que será da favela. O Globo, Rio de Janeiro, 13 dez., 2013. Disponível em: http://oglobo.globo.com/rio/beltrame-sobre-5-anos-de-upp-daqui-20-anos-que-sera-da-favela-11056774. Acesso em 13/12/2013.

ROLNIK, Raquel. As vozes das ruas: as revoltas de junho e suas interpretações. In.: MARICATO, Ermínia (org.). “Cidades rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil.” São Paulo: Ed. Boitempo: Carat maior, 2013.

SASSEN, Saskia. A Cidade Global. In: LAVINAS, Lena; CARLEIAL, Liana; NABUCO, Maria. (org.). “Reestruturação do espaço urbano e regional no Brasil”. São Paulo: Ed. Hucitec, 1993.

SÁNCHEZ, Fernanda. A reinvenção das cidades na virada de século: agentes, estratégias e escalas de ação política. Revista Sociologia Política, Curitiba nº16, p. 31-49, jun. 2001.

TORRES, L; MARIUCHA, M; SILVEIRA, D. Primeiro trecho do elevado da perimetral é implodido no Rio. O Globo, Rio de Janeiro, 24 nov., 2013. Disponível em: Disponível em http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/11/elevado-da-perimetral-e-implodido-no-rio.html. Acessado em 30/12/2013.

VAINER, Carlos B. Pátria, Empresa e Mercadoria. Notas sobre a estratégia discursiva do planejamento estratégico urbano. In: ARANTES, O; VAINER, C; MARICATO, E. A cidade do pensamento único: desmanchando consensos, Petrópolis, RJ, Vozes, 2002.

____. Quando a cidade vai às ruas. In.: MARICATO, Ermínia (org.). “Cidades rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil.” São Paulo: Ed. Boitempo: Carat maior, 2013.




Direitos autorais 2016 Revista Praia Vermelha

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/deed.pt_BR