Marxismos e “alarme de incêndio”: contribuições de Marcuse e o Manifesto Comunista

Rogério Lustosa Bastos

Resumo


Discutem-se as contribuições do marxismo no século XXI, particularmente através de Marcuse, que destacamos: crítica ao capitalismo tardio, o qual, além de se reproduzir no mundo de maneira bárbara, subscreve as condições materiais e subjetivas (Homem Unidimensional); questão de se fissurar essa “unidimensionalidade” através da dimensão estética, principalmente fazendo um trabalho sobre as consciências (discussão da criação de subjetividades rebeldes); possibilidade de que esse trabalho se concretize, sobretudo, inspirado nos valores e sentidos que estão propostos no Manifesto Comunista.

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, Chico. Rebeldes com causa/ apresentação. In: MARX, Karl & ENGELS, Friedrich. Manifesto comunista. Rio de Janeiro: Garamond, 2001.

ANDRADE, Carlos Drummond. Sentimento do mundo. Rio de Janeiro: Coleção Folha/ grandes escritores, 2008.

BARSOTTI, Paulo. Notas sobre ontologia e política em Lukács. In: Del Roio, Marcos (org.) Gyorgy Lukács e a emancipação humana. São Paulo: Boitempo & Fapesp, 2013.

BASTOS, Rogério Lustosa. A escrita acadêmica e a escrita literária. Marcuse e a estetização na produção do saber científico. In: Montaño, Carlos & Bastos, Rogério Lustosa (org.). Conhecimento e sociedade: ensaios marxistas. São Paulo: Outras expressões, 2013.

BERGAN, Ronald. Ismos: para entender o cinema. São Paulo: Globo, 2010.

BENJAMIN, Walter. Rua de mão única. São Paulo: Brasiliense, 2012.

BENJAMIN, Walter. Capitalismo como religião. São Paulo: Boitempo, 2013.

DEL ROIO, Marcos. Lukács e a democratização socialista. In: Del Roio, Marcos (org.) Gyorgy Lukács e a emancipação humana. São Paulo: Boitempo & Fapesp, 2013.

COMTE-SPONVILLE, André. Pequeno tratado das grandes virtudes. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

COUTINHO, Carlos Nelson. Contra a corrente. Ensaios sobre a democracia e socialismo. São Paulo: Cortez, 2000.

EAGLETON, Terry. Marxismo e crítica literária. São Paulo: UNESP, 2011.

HABERMAS, J. Arte e revolução em Herbert Marcuse. In: FREITAG, B. & ROUANET, S. P. Habermas: sociologia. São Paulo: Ática, 1980.

KONDER, Leandro. Herbert Marcuse. In: Konder, Leandro. Em torno de Marx. São Paulo: Boitempo, 2010.

KONDER, Leandro. Os marxistas e a arte. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 1967.

LAPLANCHE, J. & PONTALIS, J-B. Vocabulário de psicanálise. São Paulo: Martins Fontes, 1970.

LOWY, Michel. A teoria da revolução no jovem Marx. São Paulo: Boitempo, 2012.

LUKÁCS, Gyorgy. O romance histórico. São Paulo: Boitempo, 2011.

LUKÁCS, Gyorgy. Ensaios sobre literatura. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 1968.

MARCUSE, Herbert. A dimensão estética. Lisboa: Edições 70, 1986.

MARCUSE, Herbert. A ideologia da sociedade industrial: o homem unidimensional. Rio de Janeiro: Zahar, 1982.

MARCUSE, Herbert. Eros e civilização; uma interpretação filosófica do pensamento de Freud. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

MARCUSE, Herbert. Contra-revolução e revolta. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

MARCUSE, Herbert. Arte e revolução. In: Marcuse, Herbert. Contra-revolução e revolta. Rio de Janeiro: Zahar, 1978b.

MARCUSE, Herbert & POPPER, Karl. Revolução ou Reforma? Uma confrontação. Lisboa: Moraes, 1974.

MARCUSE, Herbert. O fim da utopia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1969.

MARCUSE, Herbert. O socialismo soviético. Rio de Janeiro: Saga editora, 1969b.

MARX, Karl & ENGELS, Friedrich. Manifesto comunista. Rio de Janeiro: Garamond, 2001.

MIRANDA, André. Lobo mau. Acusado de glamorizar golpista de Bolsa de NY, filme de Scorsese indicado a cinco Oscars estréia amanhã no Brasil entre muita polêmica, drogas, sexo e palavrões. In: O Globo. Rio de Janeiro, 23/01/2014. Segundo Caderno, p. 1.

MOURA, João Carlos (org.). Hélio Pellegrino A-Deus. Petrópolis: Vozes, 1988.

PELLEGRINO, Hélio. A burrice do demônio. Rio de Janeiro: Rocco, 1988.

SCHICKEL, Richard. Conversas com Scorsese. São Paulo: Cosac-Naify, 2011.

TCHEKHOV, A. A morte de um funcionário. In: ___ . Contos e novelas. Traduzido para o português pela embaixada russa. Moscou: Ráduga editora, 1987.




Direitos autorais 2016 Revista Praia Vermelha

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/deed.pt_BR