A música de autor e o cinema de Kleber Mendonça Filho

Breno Alvarenga

Resumo


Partindo do conceito de “música de autor” proposto por Claudia Gorbman, o presente artigo almeja investigar de que maneira o fenômeno pode ser identificado no cinema de Kleber Mendonça Filho. O intuito é perceber se, por meio da trilha sonora musical da obra do diretor, é possível estabelecer marcas autorais e, portanto, traçar pontos de aproximação e diálogo entre seus filmes. Para tanto, propõe-se a análise da trilha musical de seus três longas-metragens (O som ao redor, Aquarius e Bacurau), dando especial atenção ao uso da canção popular nas narrativas.


Palavras-chave


Música de autor. Canções populares. Kleber Mendonça Filho. Som do cinema.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.47146/rbm.v33i1.33385

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE MÚSICA ©2020 ISSN 0103-7595
Revista do Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ (PPGM-UFRJ)
Av. República do Chile, 330, Torre Leste, 21° Andar
Rio de Janeiro, RJ, Brasil – CEP 20031-370
E-mail: revista@musica.ufrj.br
Powered by: OJS