COMPLICAÇÕES NEUROLÓGICAS PÓS-CIRURGIA BARIÁTRICA: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Joana Carvalho Dias, Marcos Raimundo Gomes de Freitas

Resumo


A obesidade é um grave problema de saúde em todo o mundo.
Apresenta alta prevalência e grande impacto sobre a mortalidade.
A cirurgia bariátrica é cada vez mais utilizada no tratamento de obesidade mórdida por se mostrar o mais eficaz tratamento mantendo a perda de peso sustentada e diminuindo a incidência das comorbidades associadas. Complicações neurológicas agudas e crônicas têm sido relatadas após este procedimento, e podem resultar principalmente por deficiência nutricional. Objetivo: Destacar as complicações neurológicas comuns e raras que podem ocorrer após cirurgia bariátrica. Metodologia: Revisão narrativa da literatura. Resultados: Complicações neurológicas pós-cirurgia bariátrica podem ocorrer em qualquer nível do neuroeixo ou em músculos. As mais comuns são por deficiências nutricionais, mas outros mecanismos mais raros pode ocorrer como inflamatórios e mecânicos. Conclusão: Com o aumento de incidência da obesidade, a cirurgia bariátrica tem se tornado cada vez mais frequente para perda de peso. É importante avaliar corretamente a indicação desse procedimento uma vez que ele não é isento de complicações. Embora a maioria das complicações do sistema nervoso central, periférico e musculoesquelético após a cirurgia bariátrica seja devido a deficiências nutricionais, existem outrtas neuropatias associadas com envolvimento inflamatório do nervo periférico. Um processo autoimune tem sido aceito como fisiopatologia subjacente.


Palavras-chave


Nutrição; Gastroplastia; Neurologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.