RELAÇÃO ENTRE ESTILO DE VIDA E A ETIOLOGIA DA DOENÇA DE PARKINSON EM PACIENTES DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ – BA

Agatha Thais Sertão, Danilo Avelar Sampaio Ferreira

Resumo


A doença de Parkinson (DP) consiste de uma alteração neurológica
decorrente da destruição generalizada de parte da substantia nigra,
dos gânglios basais, onde se localizam os neurônios dopaminérgicos,
que por fatores ainda não muito esclarecidos se degeneram. É considerada
uma moléstia idiopática, possivelmente multifatorial, e de
incidência relativamente alta, justificando mais estudos sobre esse
assunto. Objetivo: analisar a relação entre o estilo de vida e a etiologia
da Doença de Parkinson em pacientes do município de Jequié
- BA, correlacionando o estilo de vida desses indivíduos com o desenvolvimento
da Doença de Parkinson. Métodos: Trata-se de um estudo
do tipo caso-controle, com um desenho observacional, analítico e transversal de base populacional, que envolveu a identificação de indivíduos portadores (casos) e não portadores (controles) da Doença de Parkinson. Uma amostra de 38 participantes, tendo por casos 17 indivíduos diagnosticados com DP casos e 21 controles. O estilo de vida foi avaliado, relacionando com possíveis fatores de risco e proteção. Resultados: Verificamos diferenças estatisticamente significativas para a exposição à praguicidas (p = 0,03), consumo de água de poço (p < 0,0001), uso continuado de medicamentos (p = 0,02), ao consumo de carne vermelha (p = 0,01), ao histórico familiar de DP (p = 0,004), todos apontados como fatores de risco, enquanto que apenas a carga tabágica de 50 cigarros/ano/dia mostrou diferença estaticamente significativa (p = 0,0002), sendo associada como fator protetor. Conclusão: Esses resultados parecem consistentes com a literatura atual, que sugere um modelo multifatorial para etiologia da DP.


Palavras-chave


Neurologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.