“Doctor Sadness”: a psychopathological view of Augusto dos Anjos

Leonardo Cruz de Souza, Ana Carolina Sarquis Salgado, Filipi Leles da Costa Dias, Maurício Viotti Dake, Francisco Cardoso, Antônio Lúcio Teixeira

Resumo


Augusto dos Anjos (1884 – 1914) é uma das vozes mais singulares da poesia brasileira do século XX. Sem nítida afiliação a uma escola literária específica, seus versos são marcados pelo léxico científico, pela inquietação metafísica e pelo sofrimento existencial. Observações biográficas relatam que o poeta tinha uma personalidade melancólica e angustiada, que lhe valeu a alcunha de “Doutor Tristeza”. O autor também sofria de migrânea. Este trabalho revisita a biografia e a obra de Augusto dos Anjos, analisando como sua poesia repercute seus possíveis traços psicopatológicos, e discute sobre as relações entre gênio criativo e transtorno mental, além das relações entre migrânea e psicopatologia.

Palavras-chave


Neurologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.